Escolha as suas informações

Há novas pistas sobre corpo desmembrado de mulher descoberto em Meurthe-et-Moselle
Sociedade 21.09.2022
Crime

Há novas pistas sobre corpo desmembrado de mulher descoberto em Meurthe-et-Moselle

Crime

Há novas pistas sobre corpo desmembrado de mulher descoberto em Meurthe-et-Moselle

Shutterstock
Sociedade 21.09.2022
Crime

Há novas pistas sobre corpo desmembrado de mulher descoberto em Meurthe-et-Moselle

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
Não estava em estado de degradação profunda o que pode indicar um crime recente.

O caso que, no início da semana, chocou a França e países vizinhos, tem agora novos desenvolvimentos. 

Na segunda-feira, o corpo de uma mulher foi encontrada desmembrado e decapitado nas traseiras de um edifício abandonado em Mont-Saint-Martin, comuna de Meurthe-et-Moselle. A descoberta aconteceu por acaso, quando um adolescente de 16 anos procurava um lugar afastado para urinar. 

Foi conduzida uma autópsia e sabe-se agora mais informações sobre o cadáver. De acordo com o jornal Le Républicain Lorrain, o corpo nu da vítima foi encontrado sem grandes vestígios de sangue por perto o que pode indicar que tenha sido transportado até ali. 

Os membros inferiores foram cortados ao nível dos joelhos. Os braços da vítima também foram cortados, tal como a cabeça. O corpo não apresentava hematomas visíveis. Não estava em estado de degradação profunda o que pode indicar um crime recente. 

Ainda não foi confirmada a identidade, no entanto, há algumas pistas no cadáver que podem acelerar a busca. A vítima tinha uma tatuagem na zona púbica e cicatrizes abaixo do peito, o que pode implicar implantes mamários (que têm números de série que podem ser rastreados). 

Vídeo a circular

Na segunda-feira, apenas algumas horas após a descoberta, começou a circular nas redes sociais um vídeo do cadáver. O município de Mont-Saint-Martin alertou as autoridades e o promotor público de Nancy anunciou a abertura de um processo. De acordo com a lei francesa, a difusão de tal gravação é punível com uma multa de até 15 mil euros.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas