Escolha as suas informações

Há mais um lobo confirmado no Luxemburgo e este foi fotografado
Sociedade 11.01.2022
Natureza

Há mais um lobo confirmado no Luxemburgo e este foi fotografado

Natureza

Há mais um lobo confirmado no Luxemburgo e este foi fotografado

Sociedade 11.01.2022
Natureza

Há mais um lobo confirmado no Luxemburgo e este foi fotografado

Ricardo J. RODRIGUES
Ricardo J. RODRIGUES
Agora não restam dúvidas: os lobos estão mesmo de volta ao Luxemburgo após 150 anos de extinção. Desta vez, há até uma fotografia de um exemplar, tirada na manhã desta terça-feira em Wincrange. É uma vitória extraordinária da Natureza no Grão-Ducado.

Aqui vai uma boa notícia para começar o ano: na manhã de terça, 11 de janeiro, um lobo europeu foi avistado e fotografado na região de Wincrange. "A pessoa que fotografou o animal não quis ser identificada", esclareceu ao Contacto Laurent Schley, diretor-adjunto da Administração da Natureza e das Florestas e biólogo especializado no estudo dos grandes predadores. "Mas podemos confirmar com a certeza absoluta que é mesmo um lobo. Já não há dúvidas da presença desta espécie no território luxemburguês."

Os lobos estiveram extintos no Grão-Ducado nos últimos 150 anos. Em 2017 foi provada pela primeira vez o regresso desta espécie na região de Garnich. Provas de ADN confirmaram o ataque de um exemplar a um rebanho de ovelhas. Em 2018, a história repetiu-se perto de Fouhlen. Em 2020, um lobo foi também detetado em Niederaven. E, em maio do ano passado, os biólogos determinaram que um ataque a uma ovelha foi perpretado por um predador carnívoro, embora não conseguissem esclarecer com certezas absolutas que fosse um lobo.


Os lobos voltaram ao Luxemburgo e Laurent Schley quer evitar uma guerra
Quando o telefone tocou com a notícia do ataque a um rebanho, um biólogo luxemburguês que nunca acreditou em Deus percebeu que a Natureza tinha operado um milagre. O tempo de preparar o país para um novo conflito entre homens e animais tinha chegado.

Desta vez, as certezas são todas. Em parceria com as autoridades belgas, os cientistas luxemburgueses conseguiram analisar as provas e determinar sem sombra para dúvidas que o animal nesta fotografia é um lobo. Horas mais tarde, um espécime era também detetado em Bourcy, na Bélgica, a oito quilómetros do local onde foi fotografado no Luxemburgo. Era provavelmente o mesmo indivíduo.

Os lobos foram perseguidos até à exaustão e em 1893 foi caçado o último exemplar no Luxemburgo. Em 2019, o Contacto fez uma grande reportagem sobre o regresso destes animais ao Grão-Ducado e os problemas que isso poderia trazer. Recorde essa história aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.