Escolha as suas informações

Funeral de rapper que morreu no Luxemburgo é na quinta-feira

Funeral de rapper que morreu no Luxemburgo é na quinta-feira

Photo: Noémie Koppe
Sociedade 4 2 03.07.2018

Funeral de rapper que morreu no Luxemburgo é na quinta-feira

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O corpo do rapper de origem cabo-verdiana Puto G, que morreu afogado no lago de Remerschen, no sábado, chegou esta terça-feira a Portugal. O funeral vai ser na quinta-feira.

"O irmão mais velho veio cá e tratou de tudo", confirmou ao Contacto fonte próxima da família, acrescentando que o funeral vai ser na tarde de quinta-feira, na Amadora, em Portugal.

Esta quarta-feira um grupo de amigos e fãs organizam uma homenagem em Esch-sur-Alzette, às 20h, em frente à escola, na rue du Brill.

De acordo com a polícia, as circunstâncias da morte estão ainda por esclarecer, tendo sido aberta uma investigação. Sabe-se apenas que Puto G, de 27 anos, deixou os amigos no areal para tomar banho.

Dado como desaparecido pelos amigos, por volta das 16h, o corpo só viria a ser encontrado três horas depois, pelos mergulhadores da proteção civil.

O rapper Puto G vivia atualmente no outro da fronteira belga, em Athus, e trabalhava no Luxemburgo depois de ter deixado Portugal. Considerado como uma das promessas do rap cabo-verdiano, Puto G contava com milhares de seguidores nas redes sociais.

Antes de entrar no mundo da música, chegou a participar no filme “A Esperança está onde menos se espera” (2009), de Joaquim Leitão, rodado no bairro Cova da Moura, Amadora. Puto G foi na altura um dos moradores do bairro e dos atores principais que participaram ao lado dos atores Virgílio Castelo, Ana Padrão e Carlos Nunes.

A notícia apanhou os fãs e amigos de surpresa. Nas redes sociais, as reações multiplicam-se.

Casos recentes em Remerschen

Este não é o primeiro caso de morte no lago de Remerschen. Em 2015, um adolescente de 16 anos, originário do Malawi e residente no Luxemburgo, também perdeu ali a vida. O adolescente não sabia nadar e desapareceu na água quando brincava com os colegas.

No ano seguinte, em 2016, uma criança de três anos conseguiu ser salva, em circunstâncias quase semelhantes.


Notícias relacionadas

Mixtape com músicas de Puto G vai ser lançada este ano
Depois do funeral na quinta-feira, na Amadora, e da homenagem no Luxemburgo, na quarta-feira, os fãs do rapper Puto G podem contar com uma boa notícia. O músico e produtor luxemburguês Kevin Michaux, vai lançar este ano uma mixtape (compilação) com músicas de Puto G.
Puto G
Gerência do lago de Remerschen diz que morte de Puto G foi acidente
Depois de vários fãs no rapper Puto G terem levantado a questão de uma alegada falta de segurança no lago de Remerschen, os responsáveis do centro de lazer descartam responsabilidades na morte de Puto G. O Ministério do Interior diz também que é um caso de responsabilidade civil.