Escolha as suas informações

Função Pública. Cerca de 200 pessoas pediram ajuda ao serviço psicossocial
Sociedade 29.09.2022
Saúde mental

Função Pública. Cerca de 200 pessoas pediram ajuda ao serviço psicossocial

Saúde mental

Função Pública. Cerca de 200 pessoas pediram ajuda ao serviço psicossocial

Foto: Guy Jallay/Luxemburger Wort
Sociedade 29.09.2022
Saúde mental

Função Pública. Cerca de 200 pessoas pediram ajuda ao serviço psicossocial

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Número de funcionários públicos que pediram ajuda aumentou ligeiramente.

Cerca de 200 funcionários que trabalham para o Estado ou numa das comunas do país pediram, no ano passado, ajuda ao serviço psicossocial da Função Pública. A informação foi avançada pelo ministro da Administração Pública, Marc Hansen, numa questão parlamentar.

Segundo Hansen, em 2021, 173 pessoas contactaram o serviço devido a um conflito no local de trabalho e 31 devido a assédio moral (mobbing). No ano anterior tinham sido 165 intervenções por causa de conflitos laborais e 76 devido a mobbing.


Bruxelas dá dois meses a Luxemburgo e Portugal para melhorar condições de trabalho
Outros 17 Estados-Membros também estão envolvidos no processo infração lançado pela Comissão Europeia por não transposição da nova lei da UE de combate à precariedade.

Para além disso, o serviço interveio oito vezes na mediação de conflitos.

O serviço psicossocial da Função Pública propõe a todos os funcionários que trabalham para o Estado, comunas ou estabelecimentos públicos, um apoio psicológico gratuito para os funcionários públicos com problemas no local de trabalho ou problemas pessoais.  

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas