Escolha as suas informações

Milhares protestam contra 'passe vacinal' em França
Sociedade 23.01.2022
Covid-19

Milhares protestam contra 'passe vacinal' em França

Covid-19

Milhares protestam contra 'passe vacinal' em França

Foto: AFP
Sociedade 23.01.2022
Covid-19

Milhares protestam contra 'passe vacinal' em França

AFP
AFP
Milhares de pessoas manifestaram-se um pouco por toda a França, no sábado, contra a entrada em vigor do passe de vacinação, já a partir de segunda-feira.

Paris e outras cidades francesas encheram-se de manifestantes contra o passe vacinal no sábado passado. A um dia da entrada em vigor deste controlo sanitário, os manifestantes exigem "liberdade" e denunciam o "apartheid" imposto pelo governo entre pessoas vacinadas e não vacinadas. 

No total, cerca de 38.000 pessoas, incluindo 5.200 em Paris (divididos por quatro manifestações distintas) participaram nas manifestações, de acordo com os números do Ministério do Interior. 

Um dos participantes gritava "Resistência! Resistência!" ou "Liberdade! Liberdade", cita a AFP.  

Entre os manifestantes, Sophie, uma advogada de 44 anos, e Franck, um consultor informático de 56 anos, disseram à agência de notícias que, apesar de estarem vacinados, não vacinaram a filha pequena, porque se opõem à vacinação de crianças e adolescentes. Para Franck, "o discurso das autoridades é incoerente e varia ao longo do tempo, dependendo das contingências", e "já não sabemos o que é verdadeiro e o que é falso". Sophie, por seu lado, lamenta que "no momento em que o vírus é o menos virulento, o passe de vacinação esteja a ser posto em prática, quando poderíamos estar a jogar com a imunidade natural coletiva". 

Registaram-se outros ajuntamentos por todo o país. Por exemplo, 700 pessoas saíram à rua em Aix-en-Provence, 950 em Montpellier e Toulon, 1.200 em Marselha e mil em Lyon, de acordo com números da polícia. 

Em Bordéus, segundo a polícia, havia 450 pessoas, entre eles, Anaëlle, uma enfermeira em licença de maternidade, para quem "a vacinação obrigatória é uma vergonha" e que denunciou "projetos experimentais", cita a AFP. 

O passe de vacinação será implantado na segunda-feira em França, e na prática vai tornar a vacinação obrigatória para todas as pessoas com mais de 16 anos que queiram frequentar espaços públicos.

O ministro da Saúde, Olivier Véran, assegurou que este passe vigorará no país "o tempo que for necessário", mas "não mais do que isso", dando a entender que também esta regra será eliminada caso a situação pandémica melhore.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas