Escolha as suas informações

França. Ensino do luxemburguês reforçado do outro lado da fronteira
Sociedade 18.10.2021
Acordo lunguístico

França. Ensino do luxemburguês reforçado do outro lado da fronteira

Acordo lunguístico

França. Ensino do luxemburguês reforçado do outro lado da fronteira

Foto: Marc Wilwert
Sociedade 18.10.2021
Acordo lunguístico

França. Ensino do luxemburguês reforçado do outro lado da fronteira

Ensino da língua no secundário profissional e para adultos, na região da Lorena, deverá ser reforçado em acordo bilateral entre a França e o Luxemburgo, esta semana.

O ensino do luxemburguês vai passar a ser reforçado e incentivado no outro lado da fronteira. 

Esta terça-feira, noticia a edição francesa do Luxemburger Wort, os governos francês e luxemburguês deverão anunciar um reforço do ensino da língua luxemburguesa, na região da Lorena, para estudantes do ensino secundário profissional e no ensino para adultos.  


Lisboetas vão "aprender" luxemburguês em cinco minutos
Lisboa assinala esta sábado o Dia Europeu das Línguas com propostas lúdicas em que a ideia é experimentar e falar um pouco de uma nova língua, em escassos minutos, e o luxemburguês é um dos idiomas propostos.

A Académie de Nancy-Metz e o Ministério da Educação luxemburguês pretendem aumentar a formação linguística, não só para os adultos em formação contínua, mas também para jovens em escolas profissionais. Por isso, refere o mesmo jornal, a visita a Belval do Secretário de Estado francês para os Assuntos Europeus, Clement Beaune, deverá servir para firmar o acordo entre os dois países nesse sentido, no âmbito da Conferência Intergovernamental.

Atualmente, há 870 alunos franceses a frequentar cursos de luxemburguês, tanto no ensino básico como no ensino secundário, estando 14 escolas já envolvidas. Mas a ideia é estender a oferta em breve e, para isso, o Ministério da Educação do Grão-Ducado poderá disponibilizar professores para ensinar a língua do outro lado da fronteira.

No que respeita ao ensino de adultos, o luxemburguês poderá ser ensinado nos centros de formação contínua (Greta) de Longwy, Talange, Metz ou Thionville. Também as escolas profissionais da região poderão passar a incluir um módulo de língua luxemburguesa, ministrado à distância pelo Instituto Nacional de Línguas do Luxemburgo (INLL).


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.