Escolha as suas informações

França e Bélgica levantam restrições. Saiba o que muda a partir de hoje
Sociedade 2 min. 09.06.2021
.

França e Bélgica levantam restrições. Saiba o que muda a partir de hoje

.

França e Bélgica levantam restrições. Saiba o que muda a partir de hoje

Foto: AFP
Sociedade 2 min. 09.06.2021
.

França e Bélgica levantam restrições. Saiba o que muda a partir de hoje

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Alargamento de horários, regresso aos ginásios e clientes nos espaços interiores de cafés e restaurantes voltam a ser uma realidade nas cidades francesas e belgas.

Voltar a poder comer no interior de cafés e restaurantes, treinar no ginásio e poder andar na rua até às 23h são, a partir desta quarta-feira, 9 de junho, de novo parte da vida em França, que dá mais um passo no desconfinamento, rumo ao regresso à normalidade, previsto para 30 de junho.

Três semanas após a reabertura das esplanadas, cinemas e museus, lojas com capacidade reduzida, e do recolher obrigatório às 21h, os franceses podem, desde hoje, voltar a ocupar as mesas do interior dos espaços de restauração e cafés, autorizados a receber 50% da sua capacidade e com o máximo de seis pessoas por mesa.


França. Quase metade da população adulta já foi vacinada
Cerca de 25,7 milhões de franceses já receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19, o que perfaz 49,1% da população adulta do país, segundo as autoridades francesas.

Também os ginásios passam a poder funcionar com 50% da ocupação e os desportos de contacto são novamente permitidos, limitados, igualmente, a metade dos participantes.

As restrições foram ainda aliviadas no que respeita à obrigatoriedade do teletrabalho, assim como nas regras para cantinas e cafetarias.

Os festivais ao ar livre voltam a estar autorizados, com uma limitação de 5 mil lugares e o público terá de ficar sentado. 

A popular Fête de la Musique vai poder realizar-se este ano, mas sem atuações improvisadas nas ruas, nem mini-concertos em bares ou restaurantes, ou ajuntamentos de mais de 10 pessoas, que continuam proibidos. 

O certificado sanitário também entra em vigor a partir desta quarta-feira, embora no caso dos restaurantes sirva apenas para registar quem esteve presente em determinado lugar, em caso de contaminação. 

Para entrar em salas de espetáculos, casinos, salões, recintos desportivos cobertos ou noutros eventos culturais organizados no espaço público será preciso apresentar um teste PCR negativo, a vacinação completa ou um teste com mais de duas semanas e menos de seis meses.


Bélgica. Cafés e restaurantes vão poder servir no interior a partir da próxima semana
Os cafés e restaurantes vão poder receber clientes em ambientes fechados a partir de quarta-feira, 9. Os jantares não podem ir além das 23h30.

Na Bélgica, o cenário não é muito diferente. Tal como no país vizinho, os cafés e restaurantes também podem, a partir de hoje, servir os clientes nos seus espaços interiores.

Os horários do comércio são alargados e os estabelecimentos passam a ter a possibilidade de abrir das 5h às 23h30.

O trabalho presencial no escritório será permitido um dia por semana. 

No que respeita aos espectáculos e competições desportivas a capacidade permitida passa a ser de até 200 pessoas em recinto coberto, com audiência sentada, e de 400 em eventos ao ar livre, mantendo-se o uso de máscara e as distâncias de segurança. 

Os cinemas, pistas de bowling, pavilhões desportivos e saunas são, igualmente, autorizados a reabrir, desde que satisfaçam os requisitos de ventilação.  

As feiras e mercados de rua também estão novamente autorizados.

Os números dos internamentos e a evolução da vacinação - mais de 50% da população adulta do país já recebeu pelo menos uma dose da vacina - justificaram a decisão do Governo belga em avançar para este passo no levantamento das restrições, no âmbito do 'Plano de verão'.

Com agências



Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas