Escolha as suas informações

França. Autoridades de saúde alertam para a presença do hantavírus
Sociedade 03.05.2021

França. Autoridades de saúde alertam para a presença do hantavírus

França. Autoridades de saúde alertam para a presença do hantavírus

Foto: Shutterstock
Sociedade 03.05.2021

França. Autoridades de saúde alertam para a presença do hantavírus

Este vírus é transmitido por roedores e pode causar uma doença chamada febre hemorrágica com síndrome renal. Os hospedeiros naturais do hantavírus em França são, sobretudo, espécies de ratos que vivem em florestas e localidades vizinhas.

A Agência Regional de Saúde de Bourgogne-Franche-Comté anunciou a deteção de 16 casos de hantavírus nos departamentos de Doubs e Jura desde o início do ano. Segundo vários meios de comunicação social franceses, várias pessoas infetadas tiveram de ser hospitalizadas.

Este vírus é transmitido por roedores e pode causar uma doença chamada febre hemorrágica com síndrome renal. Os hospedeiros naturais do hantavírus em França são, sobretudo, espécies de ratos que vivem em florestas e localidades vizinhas.

É através da urina, das fezes ou da saliva que os roedores transmitem o vírus e os seres humanos podem ser contaminados pela via respiratória inalando o vírus presente, por exemplo, nas excreções destes animais quando trabalham ou caminham na floresta.

Os sintomas da doença são semelhantes aos da gripe e é mais frequentemente benigna mas pode, em certos casos, causar problemas renais ou outros sinais clínicos suficientemente graves para levar ao internamento.

A autarquia de Jura iniciou uma campanha de sensibilização em relação a esta infeção, difundindo perto das comunas do departamento um folheto de informação do Ministério da Saúde e do Desporto e da Direção Geral da Saúde. 

Entre as informações difundidas, as autoridades de saúde recomendam evitar o contacto com roedores ou com os seus excrementos sem proteção e evitar a inalação do vírus através do uso de máscaras. Nesse sentido, a limpeza de habitações que tenham estado fechadas durante muito tempo e que possam ter alojado roedores devem ser limpas com uma máscara e com um aspirador. Também recomenda o uso de veneno e armadilhas para ratos.

Os sintomas são febre, arrepios, dores de cabeça, dores musculares ou nas costas e perturbações na vista.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas