Escolha as suas informações

Faixa dos 0-14 anos continua com maior incidência, mas maior subida é nos 15-29 anos
Sociedade 09.12.2021
Balanço semanal

Faixa dos 0-14 anos continua com maior incidência, mas maior subida é nos 15-29 anos

Balanço semanal

Faixa dos 0-14 anos continua com maior incidência, mas maior subida é nos 15-29 anos

Foto: Chris Karaba
Sociedade 09.12.2021
Balanço semanal

Faixa dos 0-14 anos continua com maior incidência, mas maior subida é nos 15-29 anos

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Na última semana, a taxa de incidência de infetados no Luxemburgo aumentou para 425 casos por 100 mil habitantes, com uma subida de 22% na faixa etária dos 15 aos 29 anos.

Na última semana, a taxa de incidência geral no Grão-Ducado aumentou para 425 casos por 100 mil habitantes durante 7 dias, em comparação com 374 casos por 100 mil habitantes na semana anterior. 


"Elevado número" de infetados em estabelecimentos escolares de Koetschette e Redange
Autoridades sanitárias garantem estar a acompanhar a situação de perto. Há uma semana, uma escola em Mersch também colocou uma turma em quarentena depois de identificados sete casos em alunos.

Este aumento foi registado em praticamente todos os grupos etários, exceto no das pessoas com 75 anos ou mais (-14%). A faixa onde se verificou o maior aumento foi a dos 15 aos 29, com uma subida de 22% face à semana anterior. O segundo maior aumento ocorreu no grupo etário do 60 aos 74 anos (+14%). 

Apesar destas subidas, a maior taxa de incidência em termos absolutos continua a registar-se entre as crianças dos 0 aos 14 anos. Neste grupo, a incidência corresponde a 758 casos por 100 mil habitantes, mais de 40% da média de casos (425) por 100 mil habitantes no país. 

Em contrapartida, a taxa de incidência mais baixa é a do grupo etário dos 75 ou mais anos, com apenas 147 casos por 100 mil habitantes e onde se observou a única redução entre 29 de novembro e 5 de dezembro.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas