Escolha as suas informações

Europa preparada para trabalhar com Joe Biden
Sociedade 07.11.2020 Do nosso arquivo online

Europa preparada para trabalhar com Joe Biden

Europa preparada para trabalhar com Joe Biden

AFP
Sociedade 07.11.2020 Do nosso arquivo online

Europa preparada para trabalhar com Joe Biden

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, garante que "a UE está empenhada numa forte parceria transatlântica e Von der Leyen diz-se "pronta a intensificar cooperação".

"A União Europeia [UE] está a acompanhar de perto as eleições presidenciais e do congresso nos Estados Unidos. Tomamos nota dos últimos desenvolvimentos no processo eleitoral e, nesse âmbito, a UE felicita o presidente eleito Joe Biden e a vice-presidente eleita Kamala Harris", afirmou Charles Michel, numa declaração divulgada à imprensa em Bruxelas.

Na nota, Charles Michel sublinha que "a UE está empenhada numa forte parceria transatlântica e pronta a envolver-se com o presidente eleito, o novo congresso e a nova administração" norte-americana. Michel congratulou-se, ainda, com "a participação recorde dos eleitores".

Também a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, felicitou hoje Joe Biden "calorosamente" pelo anúncio da vitória nas eleições presidenciais norte-americanas, garantindo que Bruxelas está "pronta a intensificar a cooperação com a nova administração".  

"Felicito calorosamente Joe Biden pela sua vitória nas eleições presidenciais dos Estados Unidos e espero encontrá-lo o mais cedo possível", indicou Ursula von der Leyen numa declaração divulgada à imprensa em Bruxelas.

Reagindo às projeções dos 'media' norte-americanas, que dão a vitória a Joe Biden, a líder do executivo comunitário notou que a instituição "está pronta a intensificar a cooperação com a nova administração e o novo congresso para enfrentar os desafios prementes" para ambos os blocos.

Entre esses desafios está "combater pandemia de covid-19 e as suas consequências económicas e sociais, enfrentar em conjunto as alterações climáticas, promover uma transformação digital que beneficie as pessoas, reforçar a segurança comum, bem como reformar o sistema multilateral baseado em regras", elencou Ursula von der Leyen.

Sublinhando que a União Europeia e os Estados Unidos "são amigos e aliados", a responsável destacou que os dois blocos têm "uma parceria transatlântica sem precedentes enraizada na história comum e nos valores partilhados da democracia, liberdade, direitos humanos, justiça social e economia aberta".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas