Escolha as suas informações

Estes são os países que suspenderam a vacina da AstraZeneca
Sociedade 2 min. 11.03.2021 Do nosso arquivo online

Estes são os países que suspenderam a vacina da AstraZeneca

Estes são os países que suspenderam a vacina da AstraZeneca

AFP
Sociedade 2 min. 11.03.2021 Do nosso arquivo online

Estes são os países que suspenderam a vacina da AstraZeneca

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
Suspeitas de complicações de coagulação após a vacinação ainda não foram provadas mas países estão a agir por precaução.

A lista de países europeus que suspenderam a vacina da AstraZeneca aumentou significativamente nesta quinta-feira, 11 de março. Itália é o último país a suspender um lote da vacina em questão "por precaução", segundo a Agência de Medicamentos Italiana (AIFA). Medida surge depois de vários outros países - entre eles, o Luxemburgo - terem anunciado a suspensão da administração deste fármaco por suspeita de problemas de coagulação causados após vacinação.

O primeiro caso surgiu na Áustria, na semana passada, quando uma enfermeira hospitalar, de 49 anos, morreu 10 dias depois de ter sido vacinada, devido "a graves problemas de coagulação". Outra pessoa vacinada estaria gravemente doentes, por isso, como medida preventiva, as autoridades austríacas anunciarama retirada de um lote da vacina anti-covid-19 da AstraZeneca/Oxford. No entanto, conclusões preliminares da investigação conduzida pela EMA apontam para que a vacina não tenha sido a causa da morte da profissional de saúde. 

Dias depois, foi a vez da Dinamarca ser o primeiro país - de uma lista que continua a aumentar - a suspender o fármaco, "por precaução e até novo aviso". Veredito da Agência Nacional de Saúde dinamarquesa acontece "após relatos de casos graves de formação de coágulos sanguíneos em pessoas que foram vacinadas com a vacina da AstraZeneca". Ainda assim, as autoridades dizem que ainda cedo para concluir que haja uma ligação entre a vacina e os coágulos sanguíneos.  

Também a Estónia, Lituânia, Letónia e o Luxemburgo terão suspendido o mesmo lote que incluía um milhão de doses, entregue a 17 países da União Europeia. A ministra da Saúde, Paulette Lenert confirmou a informação em conferência de imprensa. Segundo o Luxemburger Wort, o lote em questão no Grão-Ducado tem 4.800 doses e nenhum paciente foi inoculado com nenhuma das vacinas em causa, avançou a ministra. 

A Noruega juntou-se a este grupo e também anunciou a suspensão "da vacinação com a AstraZeneca. Aguardamos por mais informações para perceber se há alguma ligação entre a vacina e o caso de formação de coágulos sanguíneos", anunciou hoje Geir Bukholm, dirigente do Instituto Nacional de Saúde Pública da Noruega.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas