Escolha as suas informações

Ellen Page agora é Elliot. Atriz revela que é transgénero
Sociedade 02.12.2020 Do nosso arquivo online

Ellen Page agora é Elliot. Atriz revela que é transgénero

Ellen Page agora é Elliot. Atriz revela que é transgénero

AFP
Sociedade 02.12.2020 Do nosso arquivo online

Ellen Page agora é Elliot. Atriz revela que é transgénero

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
O protagonista de filmes como "Juno" ou "X-Men" revela-se muito feliz por "ter chegado até aqui" e "amar finalmente quem sou o suficiente para perseguir o meu eu autêntico".

"Olá amigos, quero partilhar convosco que sou trans, os meus pronomes são ele/eles e o meu nome é Elliot", anunciou o ator norte-americano, na passada terça-feira, num comunicado partilhado nas redes sociais. 

Conhecido, até agora, como Ellen Page, o ator garantiu que se sente muito "sortudo por estar a escrever isto. Por estar aqui. Ter chegado a este lugar na minha vida. Não consigo começar a expressar o quão notável é amar finalmente quem sou o suficiente para perseguir o meu 'eu' autêntico". 

"Amo que sou trans. Amo que sou 'queer' (género não binário). E quanto mais me aproximo e abraço plenamente quem sou, mais sonho, mais o meu coração cresce e mais prospero. A todas as pessoas trans que lidam com assédio, autoaversão, abuso e ameaça de violência todos os dias: Vejo-vos, amo-vos e farei tudo o que estiver ao meu alcance para mudar este mundo para melhor", escreveu. 

Ainda que feliz, Page também se revela com "medo" das repercussões do anúncio. "A verdade é que, apesar de me sentir verdadeiramente feliz neste momento, e apesar de saber o imenso privilégio que tenho, também estou assustado. Assustado por causa do ódio, das ‘piadas’, da violência", citando também as estatísticas que dão conta que, em 2020, pelo menos 40 pessoas transgénero foram assassinadas, sendo a maioria mulheres negras ou latinas. A isto junta-se 40% de adultos trans que tentaram suicidar-se. "Já chega", reclama, falando diretamente para os políticos que "negam o nosso direito de existir" e que "têm sangue nas mãos". 

O ator de 33 anos ficou conhecido em Hollywood por filmes como " X-Men: O Confronto Final  ", "X-Men: Dias de Futuro Esquecido", "Inception" ou a série da Netflix "Umbrella Academy". Também realizou o documentário "There's Something in the Water". 



Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.