Escolha as suas informações

Eleições para Conselho das Comunidades Portuguesas repetidas hoje na Alemanha e EUA
Sociedade 2 min. 11.10.2015 Do nosso arquivo online

Eleições para Conselho das Comunidades Portuguesas repetidas hoje na Alemanha e EUA

Eleições para Conselho das Comunidades Portuguesas repetidas hoje na Alemanha e EUA

Foto: Paulo Dâmaso
Sociedade 2 min. 11.10.2015 Do nosso arquivo online

Eleições para Conselho das Comunidades Portuguesas repetidas hoje na Alemanha e EUA

As eleições para o Conselho das Comunidades Portuguesas (CCP) serão repetidas hoje num círculo eleitoral na Alemanha e noutro nos Estados Unidos depois da análise de recursos apresentados ao gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.

As eleições para o Conselho das Comunidades Portuguesas (CCP) serão repetidas hoje num círculo eleitoral na Alemanha e noutro nos Estados Unidos depois da análise de recursos apresentados ao gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.

As eleições para o CCP - órgão consultivo do Governo português em matéria de emigração - ocorreram a 6 de Setembro em 50 círculos eleitorais e já foram confirmados, até ao momento, 58 conselheiros eleitos.

Contudo, num dos círculos na Alemanha (Dusseldorf/Berlim/Hamburgo/Varsóvia – que elege dois conselheiros) e ainda outro nos Estados Unidos (New Bedford, Boston e Providence – dois conselheiros) foram apresentados recursos que estiveram em análise pelo gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário.

Na sexta-feira, o líder da lista A, "Voz da Comunidade", candidata às eleições para o CCP pelo círculo norte da Alemanha, apresentou uma reclamação relativamente a uma das listas concorrentes, questionando o número de elementos.

"Um dos elementos da lista C, Luís Pacheco, demitiu-se da lista no dia 1 de Outubro e, de acordo com a lei, a lista não poderia ir a eleições porque não tem o número ideal de suplentes", de acordo com Alfredo Stoffel.

Nos Estados Unidos, o candidato da Lista A pelo círculo eleitoral de Boston, Providence e New Bedford, Claudinor de Oliveira Ferreira Salomão, também apresentou recurso e a votação vai ser repetida hoje.

Concorrem pela lista A, João Luís Pacheco e Claudinor Salomão, e pela lista B Paulo Jorge Martins e Liberal Baptista.

No Brasil também houve apresentação de um recurso (no círculo de Belém, que elege um deputado), mas "não haverá novas eleições, porque o recurso foi considerado improcedente”, disse José Cesário à Lusa na semana passada.

Após a repetição dos novos actos eleitorais e resolvidos os recursos entretanto apresentados, o CCP poderá atingir o número de 63 conselheiros.

Recorde-se que no Luxemburgo foram eleitos o presidente da Associação Humanitária da Bairrada no Luxemburgo, Rogério Oliveira, e o presidente da comissão política do PSD no Luxemburgo, Custódio Portásio, num acto eleitoral marcado pela forte abstenção (34 votações).

Em vários círculos eleitorais não houve sequer a apresentação de candidaturas para o cargo de conselheiro do CCP, e nesses casos “estes cargos não serão preenchidos”, disse o secretário de Estado.

Com as alterações à lei no início do ano, o CCP passou de 73 membros, dez dos quais nomeados, para 80 elementos, todos eleitos, sendo o Conselho Permanente presidido por um dos conselheiros, eleito entre os seus pares.

As reuniões deste órgão máximo podem ser convocadas pelo Governo, pelo Presidente ou por um mínimo de dois terços dos conselheiros.


Notícias relacionadas

O mandato de conselheiro das Comunidades Portuguesas no Luxemburgo foi retirado a Custódio Portásio, disse ao Contacto o secretário de Estado das Comunidades, que hoje terminou uma visita ao Grão-Ducado. Em causa está a mudança de residência para Portugal, onde o ex-conselheiro foi eleito nas últimas eleições autárquicas, tal como o Contacto noticiou em outubro.
Custódio Portásio foi eleito nas listas da coligação PSD-CDS no concelho de Palmela, nas últimas autárquicas em Portugal.