Escolha as suas informações

Breves Sociedade 15.09.2020

Educação especial. Sindicatos denunciam deterioração das condições de trabalho

(Diana Alves)

Sindicatos e associações de professores convocaram uma ação simbólica para esta terça-feira, no dia em que milhares de alunos regressam às aulas. 

Cinco sindicatos e associações de professores convocaram uma ação simbólica para esta terça-feira, dia oficial do arranque do novo ano letivo, para alertar para a deterioração das condições de trabalho dos profissionais da área da educação especial.

A iniciativa está marcada para as 14h30, em frente ao Ministério da Educação, e será seguida por uma conferência de imprensa. Na curta nota enviada às redações, as organizações denunciam a "ausência de diálogo social" e a "deterioração das condições de trabalho" daqueles profissionais que garantem o acompanhamento de crianças e jovens com necessidades especiais.  

Breves Desporto 18.09.2020

Futebol. Luxemburgo sobe um lugar no ranking da FIFA

A seleção do Luxemburgo subiu para o lugar 97 do ranking da Federação Internacional de Futebol (FIFA). 

Segundo a nova publicação do ranking, divulgada esta quinta-feira pela FIFA, os ‘leões vermelhos’ subiram uma posição na tabela, em relação ao mês de agosto (98°).

Em setembro, a seleção do Luxemburgo efetuou duas partidas na Liga das Nações, com uma vitória fora, frente ao Azerbaijão, por 2-1 (5 de setembro), e uma derrota caseira contra o Montenegro, por 1-0 (8 de setembro).O ranking continua a ser liderado pela seleção belga. 

Bélgica, França, Brasil, Inglaterra e Portugal são, por esta ordem, os cinco primeiros classificados.  

Breves Economia 18.09.2020

Empresa luxemburguesa Lamesch Suez deverá ser vendida a grupo alemão

A empresa luxemburguesa de gestão de resíduos Lamesch Suez, filial do grupo francês Suez, deverá passar para as mãos do grupo alemão Schwarz, o maior grupo de retalho na Europa. O grupo Suez está atualmente a negociar a venda da sua filial no Luxemburgo, que deverá ser formalizada no primeiro semestre de 2021. 

Segundo um comunicado divulgado no site da Lamesch Suez, foi assinado um memorando de entendimento com a empresa alemã de gestão de resíduos PreZero, que pertence ao grupo Schwarz, detentora também da cadeia de supermercados Lidl.

As negociações entre o grupo francês de tratamento de águas e efluentes e a PreZero deverá ainda incluir as filiais da Suez na Holanda, Alemanha e Polónia. No Luxemburgo, a Lamesch Suez emprega atualmente cerca de 600 trabalhadores.