Escolha as suas informações

EasyJet tem liquidez para aguentar até nove meses de paragem
Sociedade 16.04.2020

EasyJet tem liquidez para aguentar até nove meses de paragem

EasyJet tem liquidez para aguentar até nove meses de paragem

Foto: AP
Sociedade 16.04.2020

EasyJet tem liquidez para aguentar até nove meses de paragem

Lusa
Lusa
Após várias iniciativas de financiamento, a companhia aérea gerou liquidez adicional de cerca de 2,17 a 2,24 mil milhões de euros, levando a um fluxo de caixa nocional de cerca de 3,8 mil milhões.

A easyJet disse esta quinta-feira ter liquidez suficiente para aguentar até nove meses de suspensão das operações e espera um prejuízo antes de impostos de entre 212 e 235 milhões de euros no primeiro semestre do ano.

A transportadora divulgou ainda estimar que o seu prejuízo, antes de impostos, nesta primeira metade do ano, se fixe entre os 212 e 235 milhões de euros, representando uma melhoria face ao período homólogo do ano passado, em que tinha tido perdas de 316 milhões, igualmente antes de impostos.  

De acordo com a informação esta quinta-feira divulgada, a receita total da transportadora nos seis meses findos em 31 de março de 2020 aumentou 1,6%, para 2,7 milhões de euros, com a capacidade do assento a diminuir 7,6%, para 49 milhões, face ao mesmo período do ano anterior.

“Continuamos focados em fazer o que é melhor para a companhia, em termos de saúde a longo prazo, e para garantir que estamos a postos para retomar os voos quando a pandemia terminar”, garantiu Johan Lundgren, admitindo que “ninguém sabe” quando isso vai acontecer. Caso as restrições aéreas se “estendam no tempo”, o CEO da easyJet admite que a indústria não vai conseguir sobreviver sem um mecanismo de apoio, nomeadamente a nível governamental.

O responsável disse também acreditar que o regresso ao ar será feito, numa primeira fase, só através do levantamento de restrições a voos domésticos, o que talvez possa começar a acontecer dentro de duas semanas.

Apesar da possibilidade de pedido de reembolso do valor dos bilhetes, a easyJet adiantou que a maioria dos clientes está a optar por reagendar as suas viagens para o período de inverno 2020-2021.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.