Escolha as suas informações

É um novo residente de Echternach? A cidade dá-lhe as boas-vindas este sábado
Sociedade 2 min. 15.11.2022
Encontro

É um novo residente de Echternach? A cidade dá-lhe as boas-vindas este sábado

O vereador Ricardo Marques é um dos anfitriões do encontro de boas-vindas aos novos residentes de Echternach.
Encontro

É um novo residente de Echternach? A cidade dá-lhe as boas-vindas este sábado

O vereador Ricardo Marques é um dos anfitriões do encontro de boas-vindas aos novos residentes de Echternach.
Foto: António Pires
Sociedade 2 min. 15.11.2022
Encontro

É um novo residente de Echternach? A cidade dá-lhe as boas-vindas este sábado

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
Habitantes, instituições e associações reúnem-se no Trifolion, dia 19, para acolher os recém-chegados e dar-lhes a conhecer a cidade e suas gentes, como explica o vereador Ricardo Marques.

Na multicultural cidade de Echternach residem cerca de seis mil habitantes de quase uma centena de100 nacionalidades distintas, sendo a comunidade portuguesa a mais populosa, a seguir aos luxemburgueses. Dos 5865 habitantes, 1444 são portugueses, ou seja, “quase um terço da população é portuguesa”, realça o vereador Ricardo Marques, um dos anfitriões do encontro de boas-vindas aos novos residentes da cidade, no próximo sábado, no Centro cultural e de congresso Trifolion. 

A seguir aos 3050 luxemburgueses da cidade, a comunidade lusa é a maior e que a cada ano tem aumentado. Segundo os dados do departamento da população da cidade, a cada ano, cerca de 120 portugueses elegem Echternach para viver.

Ricardo Marques sublinha que o número de habitantes de nacionalidade portuguesa é ainda maior do que indicam as estatísticas. “Como eu, há muitos residentes que adquiriram a dupla nacionalidade, e por isso, deixam de ser contabilizados como cidadãos portugueses, passando a constar nas estatísticas dos luxemburgueses”. Isto para não falar da segunda e terceira gerações que falam a língua de Camões em casa.

Para ajudar a integração dos recém-chegados, dar-lhes a conhecer a cidade e as suas gentes, a comuna vai realizar um encontro de boas-vindas no próximo sábado, dia 19, no Trifolion, entre as 9h00 e as 12h30. Ricardo Marques convida todos a estarem presentes.

No encontro vão estar políticos locais, e representantes das mais variadas entidades e associações da cidade, desportivas, recreativas, culturais, e também residentes antigos. “Em conjunto, vamos todos receber os novos habitantes, sejam imigrantes ou pessoas de outras comunas que se mudaram para a nossa cidade. Vai ser um momento de convívio e que permite desenvolver um sentimento de pertença e de identificação com a cidade quem acaba de chegar. Vamos conhecer-nos, olhar olhos nos olhos e criar laços entre todos”, realça o vereador luso-luxemburguês.

Quase um terço da população de Echternach é portuguesa.
Quase um terço da população de Echternach é portuguesa.
Foto: António Pires

Visita guiada

A partir das 11h30 vai realizar-se uma visita guiada por Echternach onde “guias profissionais vão dar a conhecer os segredos e a história desta que é a cidade mais antiga do Luxemburgo”, acrescenta Ricardo Marques, planeando ele próprio revelar aos novos habitantes portugueses as maravilhas da sua cidade.


Reza a lenda que o fantasma de "Schappmännchen" habita na floresta de Grünewald.
Lugares enfeitiçados no Luxemburgo que tem de conhecer
Conheça as lendas e as figuras enfeitiçadas, entre fadas e fantasmas, que lá vivem.

Aliás, também os habitantes mais antigos podem realizar este passeio, pois como lembra o vereador há segredos e história da sua própria cidade que ainda desconhecem.

A receção de boas-vindas visa também promover a participação política dos novos residentes, que com a nova lei, podem já votar nas próximas eleições comunais de 11 de junho de 2023. O recenseamento eleitoral e o voto são um “dever cívico” também dos recém-chegados, uma forma importante de envolvimento com a cidade e seu quotidiano, como vinca Ricardo Marques.

O centro Trifolion situa-se no nº 2 Prte St Willibrord, em Echternach. 

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A localidade mais portuguesa do Luxemburgo pode vir a ter uma burgomestre que fala português. O atual burgomestre de Larochette não se recandidata, abrindo caminho a Natalie Silva, que em 2011 teve o segundo melhor resultado. A vereadora de origem cabo-verdiana serviu de guia ao Contacto.
Reportage Larochette - élections communales, Foto Lex Kleren