Escolha as suas informações

É como "estar dentro de um animal". A descida dos astronautas de volta à Terra
Sociedade 4 2 min. 05.08.2020

É como "estar dentro de um animal". A descida dos astronautas de volta à Terra

Douglas Hurley esteve no espaço durante dois meses. Regressou recentemente à Terra transportado pela cápsula Dragon.

É como "estar dentro de um animal". A descida dos astronautas de volta à Terra

Douglas Hurley esteve no espaço durante dois meses. Regressou recentemente à Terra transportado pela cápsula Dragon.
Foto: AFP
Sociedade 4 2 min. 05.08.2020

É como "estar dentro de um animal". A descida dos astronautas de volta à Terra

Catarina OSÓRIO
Catarina OSÓRIO
A bordo do SpaceX Dragon, Doug Hurley e Bob Behnken passaram de uma velocidade de 28.000 km/h em órbita para 24 km/h ao aterrar nos EUA, no domingo passado. Os dois amigos contaram como foi a experiência.

(CO/AFP)

Não é por acaso que a cápsula da SpaceX, que trouxe recentemente dois astronautas de Estação Espacial de volta à Terra, se chama Dragon. Os dois astronautas da NASA que aterraram no domingo na costa da Florida, nos EUA, descreveram a entrada na atmosfera como estar "nas entranhas de uma besta formidável". 

"Quando reentrámos na atmosfera, os propulsores estavam a disparar quase continuamente", disse Behnken na conferência de imprensa virtual em Houston, no Texas. "A atmosfera começa a fazer barulho, espera-se pelo barulho do exterior do veículo, e à medida que o veículo tenta controlar-se a si próprio, sente-se o bambolear no corpo". "O barulho não parecia o de uma máquina, mas sim o de um animal", continuou o astronauta de 50 anos. 

"Atravessar a atmosfera, com todo o barulho dos propulsores, e o ruído atmosférico a ficar mais alto à medida que descemos, é algo realmente inesquecível para os dois". "Parecia realmente que estávamos dentro de um animal", continuou o engenheiro.

Os dois homens, melhores amigos na vida e ambos casados com duas  astronautas, responderam às perguntas dos jornalistas dois dias após o regresso à Terra. Doug Hurley e Bob Behnken passaram dois meses na Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês). Na missão bem sucedida de regresso ao planeta Terra, a SpaceX, empresa fundada pelo milionário Elon Musk, tornou-se a primeira empresa privada a operar uma viagem ao espaço. E poderá mesmo levar à certificação oficial do veículo para voos regulares da NASA já em setembro. 


Bob Behnken e Doug Hurley regressaram à Terra este domingo após terem passado dois meses na Estação Espacial Internacional.
SpaceX abre caminho ao turismo espacial ao trazer com sucesso astronautas para Terra
A missão bem sucedida abre caminho para o turismo espacial, um dos planos da empresa do multimilionário Elon Musk.

"A missão decorreu tal como nos simuladores, do princípio ao fim, francamente, não houve surpresas", disse Doug Hurley, 53 anos. "Os meus cumprimentos à SpaceX e ao programa de voos comerciais da NASA. O veículo teve o desempenho exactamente como planeado". 

Doug Hurley e Bob Behnken já tinham viajado nos vaivéns espaciais nos anos 2000, que foram encerrados em 2011. Para a mais recente missão tiveram de preparar-se durante cinco anos, sendo que a fase do regresso era uma das mais perigosas. A abertura dos pára-quedas, o que abrandou abruptamente a velocidade da queda da cápsula, foi como "um taco de basebol a atingir as costas de uma cadeira", exemplificou Bob Behnken. 

O Dragon da SpaceX vai enviar novamente para o espaço astronautas em setembro deste ano e na primavera de 2021. Um deles é, aliás, a mulher de Bob Behnken, Megan McArthur, que viajará na mesma cápsula que o marido. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas