Escolha as suas informações

É 'altamente provável' que a UE não renove com a AstraZeneca
Sociedade 16.04.2021

É 'altamente provável' que a UE não renove com a AstraZeneca

É 'altamente provável' que a UE não renove com a AstraZeneca

AFP
Sociedade 16.04.2021

É 'altamente provável' que a UE não renove com a AstraZeneca

AFP
AFP
É muito improvável que a União Europeia renove os contratos com a farmacêutica AstraZeneca, disse a ministra da Indústria francesa, Agnes Pannier-Runacher, esta sexta-feira.

Não é certo, mas altos cargos europeus começam a dar indícios de que o "namoro" acabou, após casos de tromboses após a toma da vacina da AstraZeneca.

Apesar de nenhuma decisão final da UE ter sido tomada, a ministra da Indústria francesa, Agnes Pannier-Runacher, disse em entrevista à rádio RMC, que "é altamente provável" que nenhuma outra dose da AstraZeneca seja encomendada. "Não iniciamos negociações com a Johnson & Johnson ou com a AstraZeneca para um novo contrato, mas iniciamos negociações com a Pfizer / BioNTech e Moderna", disse Pannier-Runacher.

Previsão não é surpresa, após a Dinamarca ter anunciado na quarta-feira que desistiu de usar a vacina para a covid-19 da AstraZeneca. É o primeiro país a desistir completamente do fármaco, apesar das garantias da EMA e da Organização Mundial da Saúde de que os benefícios superam em muito os possíveis riscos. Outros, como a Alemanha, já disseram que vão administrar vacinas diferentes para as segundas doses de quem tomou primeiro AstraZeneca. 

Enquanto isso, 50 milhões de doses BioNTech /Pfizer que deveriam chegar à Europa apenas no final de 2021 foram antecipadas para entrega ainda este mês.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas