Escolha as suas informações

Dois jovens violentamente agredidos na capital por grupo de adolescentes
Sociedade 2 min. 17.05.2021 Do nosso arquivo online

Dois jovens violentamente agredidos na capital por grupo de adolescentes

Caso deu-se nas redondezas do parque Kinnekswiss.

Dois jovens violentamente agredidos na capital por grupo de adolescentes

Caso deu-se nas redondezas do parque Kinnekswiss.
Foto: Anouk Antony/Luxemburger Wort
Sociedade 2 min. 17.05.2021 Do nosso arquivo online

Dois jovens violentamente agredidos na capital por grupo de adolescentes

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Polícia lançou esta segunda-feira um apelo a testemunhas. Caso aconteceu nas redondezas do parque Kinnekswiss.

Dois jovens foram violentamente agredidos numa tentativa de assalto, na cidade do Luxemburgo na sexta-feira passada. Um dos jovens necessitou mesmo de assistência hospitalar devido aos ferimentos sofridos. A polícia grã-ducal lança esta segunda-feira um apelo a testemunhas. 

A agressão ocorreu na noite de sexta, entre as 22:00 e as 22:20, perto do descampado do Kinnekswiss, parque municipal da capital. No apelo lançado para tentar identificar os agressores, a polícia acredita que os agressores serão menores de idade e estavam inseridos num grupo "composto por cinco a dez jovens, que terão entre os 16 e os 18 anos". Qualquer informação que possa ajudar as autoridades a esclarecer o caso deve ser comunicada à polícia através do número de telefone 113

Segundo as autoridades os suspeitos não terão passado despercebidos já que todos vestiam uma camisola da mesma cor e feitio e circulavam pelas ruas da capital de balões na mão. Ainda segundo a polícia, antes da tentativa de assalto nas redondezas do Kinnekswiss o mesmo grupo já tinha sido avistado noutras zonas da capital. 

Governo garantia em março que não há gangues juvenis

Em março deste ano o ministro da Segurança Interna, Henri Kox, garantiu que não existiam gangues de jovens no Luxemburgo à semelhança dos que existem nos "países vizinhos", mas admitiu que o problema da violência juvenil é complexo. A resposta surgiu após a questão parlamentar feita pelo deputado do CSV, Léon Gloden. 


Governo garante que não há gangues juvenis no Luxemburgo
O ministro da Segurança Interna, Henri Kox, garantiu não se pode falar de gangues de jovens no Luxemburgo como se encontram "em países vizinhos".

Os recentes casos de violência entre jovens no Luxemburgo têm chamado cada vez mais a atenção da população e das autoridades competentes. No final de janeiro deste ano, uma discussão entre três jovens em frente à Escola Europeia de Kirchberg resultou no esfaqueamento de uma adolescente de 18 anos. A discussão terá sido provocada por um rapaz de 17 anos, que terá ameaçado a vítima e o namorado, de 20 anos, que terá puxado de uma faca para se defender. 

Também o homicídio de Rafael nos arredores do Liceu Técnico de Bonnevoie, chamou a atenção para o problema da violência juvenil. O jovem lusodescendente de 18 anos frequentava o Liceu Técnico. Os dois suspeitos, com 15 e 17 anos, estão detidos desde janeiro. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O homem que na quinta-feira (26) foi assaltado no parque de estacionamento do banco BIL em Hollerich, no Luxemburgo, continua internado no hospital, a recuperar dos graves ferimentos de que foi alvo. Os três agressores, que ainda roubaram uma mala cheia de dinheiro, continuam a monte e são procurados pela polícia.
The escape car, an Audi A3, was found burnt-out in the car park "Fräiheetsbam" near Bridel.