Escolha as suas informações

CSJ. Ministra da Família tem de assumir responsabilidades perante os idosos
Sociedade 25.01.2021 Do nosso arquivo online

CSJ. Ministra da Família tem de assumir responsabilidades perante os idosos

CSJ. Ministra da Família tem de assumir responsabilidades perante os idosos

Foto: Shutterstock
Sociedade 25.01.2021 Do nosso arquivo online

CSJ. Ministra da Família tem de assumir responsabilidades perante os idosos

Susy MARTINS
Susy MARTINS
"Corinne Cahen tem de assumir, de uma vez por todas, as suas responsabilidades" perante os idosos. Quem o diz é a Juventude Cristã Social (CSJ), referindo-se ao isolamento dos idosos em tempos de crise pandémica.

A CSJ defende que as pessoas de idade vivem há quase um ano isoladas em casa ou nos lares. Para além disso, muitas morrem sozinhas, sem que os familiares as possam acompanhar ou despedir-se com dignidade. A CSJ afirma também que há cada vez mais pessoas em estado de depressão, isoladas e com medo do que possa ainda acontecer. Uma situação que tem sido comentada tanto no Parlamento como pelo Governo. 

Daí os jovens do Partido Cristão Social (CSV) não perceberem a atitude da ministra da Família, que acusam de “olhar para a situação há quase um ano e de não tomar nenhuma iniciativa”.

A CSJ cita algumas iniciativas que foram levadas a cabo pelas comunas para acompanhar as pessoas com mais de 65 anos. Foram, por exemplo, criados grupos que se deslocam às casas das pessoas idosas para lhes perguntar se precisam de ajuda ou simplesmente para falar com elas, e assim tirá-las um pouco do isolamento. No entanto, os jovens lamentam que a ministra da Família não tenha tomado iniciativas próprias.

Também nas estruturas de acolhimento para pessoas idosas, a situação não é clara segundo a Juventude Cristã Social, que acusa Corinne Cahen de fugir às suas responsabilidades ao não decidir medidas concretas válidas para todos os lares, mas deixando as decisões a cargo das direções.

Daí a CSJ reivindicar que a ministra da Família escreva uma carta a todas as pessoas com mais de 70 anos a perguntar-lhes se precisam de alguma coisa e para ficar a conhecer as suas necessidades.

Outro pedido é que seja finalmente elaborado um plano de ação para as pessoas de idade, estipulando que liberdade as pessoas poderão adquirir ao serem vacinadas contra a covid-19.

E justamente relativamente à vacinação, os jovens do CSV querem que os idosos que vivem ainda em suas casas, também façam parte dos grupos prioritários para a vacinação, para que possam voltar a ter contactos com o exterior.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas