Escolha as suas informações

Tesla aceitará novamente bitcoins quando forem menos poluentes
Sociedade 14.06.2021
Criptomoedas

Tesla aceitará novamente bitcoins quando forem menos poluentes

Criptomoedas

Tesla aceitará novamente bitcoins quando forem menos poluentes

Foto: AFP
Sociedade 14.06.2021
Criptomoedas

Tesla aceitará novamente bitcoins quando forem menos poluentes

AFP
AFP
Um estudo publicado recentemente pela revista Nature demonstrou que o mercado de bitcoins na China - 'alimentado' por centrais elétricas a carvão - poderia por em causa os objetivos climáticos do país.

Elon Musk, o CEO da fabricante americana de veículos eléctricos Tesla, afirmou no domingo que a empresa voltará a aceitar pagamentos com bitcoin quando a moeda virtual for menos poluente. 

"Quando se confirmar que os mineiros (bitcoin) estão a utilizar uma quantidade razoável de energia limpa (cerca de 50%) com uma tendência de melhora, a Tesla começará a permitir novamente transações com bitcoins", escreveu o multimilionário no Twitter. 

Um estudo publicado recentemente pela revista científica Nature demonstrou que o mercado de bitcoins na China - que alimenta quase 80% do comércio mundial de moedas criptográficas -  e que é 'abastecido' por centrais elétricas a carvão, poderia por em causa os objetivos climáticos do país. 

A moeda digital é produzida por computadores com elevada capacidade de processamento e memória, o que se traduz num consumo elevado de eletricidade.

Foto: AFP

O fabricante americano de automóveis tinha causado frenesim entre os utilizadores desta moeda em fevereiro ao anunciar que os clientes da Tesla poderiam pagar com a moeda criptográfica, uma opção que se tornou possível em finais de março. Mas semanas mais tarde, inverteu a decisão justificando-a com a preocupação ambiental. A moeda digital é produzida por computadores com elevada capacidade de processamento e memória, o que se traduz num consumo elevado de eletricidade.    


Tesla deixa de aceitar bitcoins e valor da criptomoeda afunda nos mercados
Elon Musk, CEO da Tesla, anunciou na quarta-feira à noite que o fabricante de veículos eléctricos vai deixar de aceitar bitcoins como forma de pagamento devido ao impacto ambiental da mineração das criptomoedas.

O comentário deste domingo fazia parte de uma reação de Elon Musk a um artigo que referia que, com os seus tweets que estão a ter impacto no valor das bitcoins, o criador da Telsa está a manipular os preços de mercado em benefício da própria Tesla. "Isso é impreciso", retorquiu Elon Musk no Twitter. 

"A Tesla vendeu apenas cerca de 10% das suas bitcoins para confirmar que (a moeda) poderia ser facilmente vendida sem fazer rebuliço no mercado". A fabricante de veículos elétricos tinha anunciado no início de fevereiro um investimento de 1,5 mil milhões de dólares em bitcoins. E, desde então, vendeu parte dele.   

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas