Escolha as suas informações

Covid-19. Sanofi e GSK lançam novo ensaio com versão reformulada da vacina
Sociedade 22.02.2021

Covid-19. Sanofi e GSK lançam novo ensaio com versão reformulada da vacina

Covid-19. Sanofi e GSK lançam novo ensaio com versão reformulada da vacina

Foto: AFP
Sociedade 22.02.2021

Covid-19. Sanofi e GSK lançam novo ensaio com versão reformulada da vacina

Lusa
Lusa
Grupos farmacêuticos esperam poder disponibilizar a vacina no quarto trimestre de 2021.

Os grupos farmacêuticos Sanofi e GSK lançaram esta segunda-feira um novo ensaio clínico para a sua principal vacina candidata contra a covid-19. Depois dos resultados insuficientes da primeira versão no final do ano passado, a farmacêutica francesa Sanofi escreve em comunicado que a expectativa é poder disponibilizar a vacina no quarto trimestre de 2021 e resume as diferenças do novo ensaio clínico, intitulado "Fase 2".

"Este novo estudo fase II avaliará o potencial de uma formulação refinada de antígenos com o objetivo de obter uma resposta imunológica ideal, sobretudo em adultos mais velhos", diz a farmacêutica. 

Em dezembro, a Sanofi e a britânica GSK revelaram que os resultados dos estudos de fase intermédia I /II mostravam uma "resposta insuficiente" que tem sido observada em pessoas com mais de 50 anos e que, por isso, a vacina não estaria pronta no início do segundo semestre de 2021 como esperado.

No mesmo dia em que anuncia o novo ensaio clínico, a Sanofi informou também que vai produzir em França a vacina contra a covid-19 da americana Johnson & Johnson, estando já a preparar-se também para a vacina da Pfizer-BioNTech. A farmacêutica vai encarregar-se da formulação e do enchimento dos frascos na sua unidade Marcy-l'Etoile, perto de Lyon, a partir do terceiro trimestre e Wa um ritmo de cerca de 12 milhões de doses por mês".


Riviera Francesa em confinamento durante próximos fins-de-semana
Medida de contenção é inédita nesta zona e pretende controlar o recente aumento de infeções por covid-19.

"A nossa ambição é fazer o máximo possível. Se pudermos fazer mais, por que não?", disse à agência francesa AFP o vice-presidente executivo da Sanofi Pasteur, Thomas Triomphe. A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.461.254 mortos no mundo, resultantes de mais de 111 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.


 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas