Escolha as suas informações

Covid-19. Rússia registou menos de 9 mil contágios. Alemanha deteta novo foco em matadouro
Sociedade 2 min. 18.05.2020

Covid-19. Rússia registou menos de 9 mil contágios. Alemanha deteta novo foco em matadouro

Covid-19. Rússia registou menos de 9 mil contágios. Alemanha deteta novo foco em matadouro

AFP
Sociedade 2 min. 18.05.2020

Covid-19. Rússia registou menos de 9 mil contágios. Alemanha deteta novo foco em matadouro

A Rússia é atualmente o segundo país com maior número de infetados, a nível global, depois dos Estados Unidos.

A Rússia registou hoje, pela primeira vez desde maio, menos de nove mil novos casos de contágio de covid-19, anunciaram as autoridades do país, acrescentando que a situação está a estabilizar-se.  

A Rússia é atualmente o segundo país com maior número de infetados, a nível global, depois dos Estados Unidos. De acordo com números oficiais, 8.929 novos casos foram recenseados nas últimas 24 horas, correspondendo ao número mais baixo desde o dia 01 de maio, no país. 

No total, o país regista 2.722 mortos e 290.678 casos de contágio pelo novo coronavírus.  

No domingo, as autoridades sanitárias, indicaram que a "situação está a estabilizar-se em todo o país", numa altura em que se verifica o processo de desconfinamento "prudente" depois de um mês e meio de restrições. 

De acordo com a agência France-Presse, os críticos do regime duvidam dos números oficiais respeitantes à mortalidade pelo covid-19.

Alemanha

A Alemanha totaliza hoje 174.697 casos diagnosticados de covid-19 e detetou um novo foco da doença num matadouro, na região da Baixa Saxónia, onde 92 funcionários testaram positivo. 

Nas últimas 24 horas foram registados no país 342 novos casos e 21 vítimas mortais, para um total de 7.935 óbitos. Há ainda, segundo o Instituto Robert Koch (RKI), 154.600 pessoas consideradas recuperadas, um aumento de 1.100 em relação ao dia anterior.

Em Dissen, no estado da Baixa Saxónia, 92 trabalhadores de um matadouro testaram positivo. A produção da fábrica foi suspensa e todos os funcionários estão em quarentena, tal como todos aqueles com quem contactaram.

Vários surtos já tinham sido registados, no mesmo setor, em empresas nas regiões da Renânia do Norte-Vestefália, Baviera e Schleswig-Holstein.

O ministro do Trabalho, Hubertus Heil, quer apresentar hoje algumas regras mais rígidas para serem aplicadas nestas fábricas. Outros partidos exigem que subam os preços da carne.  

Durante o fim de semana, repetiram-se, em várias cidades do país, manifestações contra as medidas de contenção impostas na Alemanha. 

Bélgica

A Bélgica registou nas últimas 24 horas 279 novos caos de covid-19, menos 28 do que no domingo, e 43 mortes, menos quatro do que no dia anterior, segundo dados oficiais hoje divulgados.  

De acordo com o boletim epidemiológico, com os 279 novos casos, o total de infeções pelo novo cororanírus SARS-CoV-2 é agora de 55.559 e o número de mortes é de 9.080, um recuo de 8% por dia na última semana.

Nas últimas 24 horas, foram hospitalizadas 43 pessoas (60 no dia anterior), para um total de 16.798 e 27 tiveram alta hospitalar, somando agora os 14.657. Entre o início de março e 17 de maio foram realizados 400.149 testes em laboratório.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas