Escolha as suas informações

Covid-19. Epidemia no Reino Unido poderá ser pior do que em Itália
Sociedade 5 2 min. 22.03.2020

Covid-19. Epidemia no Reino Unido poderá ser pior do que em Itália

Covid-19. Epidemia no Reino Unido poderá ser pior do que em Itália

AFP
Sociedade 5 2 min. 22.03.2020

Covid-19. Epidemia no Reino Unido poderá ser pior do que em Itália

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
A taxa de letalidade já é superior à italiana e curva do contágio pelo coronavírus também está a aumentar mais. Especialistas temem que daqui a três semanas a situação no país seja mais grave do que em Itália.

A velocidade com que o novo coronavírus se está a propagar no Reino Unido faz os especialistas preverem o pior dos cenários. Este domingo o país já regista  quase seis mil doentes infetados, respetivamente 5800, e mais 11 mortes do que sábado, num total de 48 falecidos. 

Quase mais mil casos de infeções do que as registadas sábado.

Ian Vogler/Daily Mirror/PA Wire/

A taxa de letalidade pela infecção, de 4,6%, já ultrapassa a de todos os outros países que se defrontam com a mesma fase da pandemia, incluindo a de Itália, escreve hoje o jornal britânico Express.


Coronavírus. Reino Unido prevê 7,9 milhões de internados e até 500 mil mortos
Documento interno estima que epidemia dure 12 meses e que 80% da população seja infetada.

O Finacial Times publicou um gráfico que consta isso mesmo. O mapa mostra o número de dias que se passaram entre a primeira morte no país pela doença covid-19 e as atuais. A leitura é clara: a taxa de letalidade já ultrapassa a de Itália, o Irão,  a China e os EUA.

O número de mortos no sábado, 233, foi o número exato que a Itália registou há duas semanas atrás, adiantam especialistas britânicos. 

Estas análises elevam o temor entre o governo e as autoridades de saúde de que daqui a três semanas a situação no país seja mais grave do que a Itália vive agora.

Idosos em confinamento 12 semanas

O primeiro-ministro apelou ontem à população para cumprir à regra as medidas impostas, apelando mesmo para que não haja visitas aos país no Dia da Mãe. Boris Jonhson realçou que o serviço nacional de saúde britânico poderá vir a ficar tão sobrecarregado como o italiano.


Boris Johnson ordena encerramento 'pubs', cafés e restaurantes no Reino Unido
A medida entra em vigor a partir desta noite e por tempo indeterminado, para reduzir a propagação da pandemia de Covid-19.

Há dois dias o governo encerrou escolas, bares, restaurantes, academias, cinemas, teatros e museus. E as pessoas idosas, com mais de 70 anos, foram aconselhadas a ficar em confinamento domiciliário durante 12 semanas. 

Lojas e escritórios permanecem abertos e não há restrições ao movimento de pessoas nas vias públicas, para já. O teletrabalho está a ser incentivado, bem como a distância social e a redução de contatos pessoas.  

O primeiro-ministro declarou ao país que se todos seguirem as instruções o Reino Unido pode reverter a tendência da pandemia daqui a três meses.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas