Escolha as suas informações

Coronavírus passa a designar-se oficialmente como 'Covid-19'
Sociedade 12.02.2020

Coronavírus passa a designar-se oficialmente como 'Covid-19'

O pessoal médico do Hospital da Cruz Vermelha em Wuhan usa fatos protetores contra o Covid-19.

Coronavírus passa a designar-se oficialmente como 'Covid-19'

O pessoal médico do Hospital da Cruz Vermelha em Wuhan usa fatos protetores contra o Covid-19.
Foto: AFP
Sociedade 12.02.2020

Coronavírus passa a designar-se oficialmente como 'Covid-19'

Lusa
Lusa
O nome nasce do acrónimo em inglês da expressão "doença por corona vírus" ('corona virus disease', em inglês).

A infeção provocada pelo novo coronavírus detetado na China passa a ter o nome oficial de "Covid-19", decidiu a Organização Mundial de Saúde (OMS) no primeiro de dois dias de reunião entre cerca de 300 peritos internacionais.

A OMS decidiu usar um nome que seja pronunciável e que não remeta para uma localização geográfica específica, um animal ou grupo de pessoas para evitar estigmatizações, segundo disse em conferência de imprensa o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.


O que significa a emergência global de saúde pública
Declaração da OMS pressupõe a ativação de medidas de prevenção e coordenação à escala mundial. Países com menos condições para tratamento de possíveis doentes ditaram decisão. Não há restrições a viagens e trocas comerciais.

 O nome nasce do acrónimo em inglês da expressão "doença por corona vírus" ('corona virus disease', na sigla inglesa). Cientistas, investigadores e peritos de saúde pública estão a partir de terça-feira em Genebra (Suíça) num fórum de dois dias para debater formas de controlar e lidar com o surto do novo coronavírus detetado na China.

A reunião, que junta investigadores, peritos e responsáveis de saúde, foi convocada pela OMS, pretende coordenar os esforços para encontrar respostas para a nova epidemia.

"Aproveitar o poder da ciência é fundamental para controlar este surto. Há respostas de que precisamos e ferramentas que temos de desenvolver o mais rapidamente possível. A OMS está a desempenhar um papel de coordenação, reunindo a comunidade científica para identificar prioridades de pesquisa e acelerar o progresso", afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, numa declaração escrita.


As 20 pessoas que chegaram a Portugal a 2 de fevereiro vindas de Wuhan quiseram voluntariamente estar de quarentena.
Coronavírus. 20 pessoas em quarentena em Lisboa vão para casa no sábado
A diretora-geral portuguesa da Saúde adiantou que os 20 não apresentam qualquer sintoma de doença.

Os participantes vão discutir vários temas, como a identificação da fonte do vírus ou a partilha de amostras biológicas e sequências genéticas.

O novo coronavírus detetado na China já provocou mais de 43 mil infetados e mais de mil mortos, sendo que apenas uma das vítimas mortais ocorreu fora da China, nas Filipinas.


Notícias relacionadas