Escolha as suas informações

Coligação governamental ganha mais um assento parlamentar nas intenções de voto
Sociedade 01.07.2021
Parlamento

Coligação governamental ganha mais um assento parlamentar nas intenções de voto

Parlamento

Coligação governamental ganha mais um assento parlamentar nas intenções de voto

Foto: Chris Karaba
Sociedade 01.07.2021
Parlamento

Coligação governamental ganha mais um assento parlamentar nas intenções de voto

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Se as eleições legislativas decorressem no próximo domingo no Luxemburgo, os partidos da coligação governamental ganhariam mais um assento parlamentar.

Na oposição, o Partido Pirata duplicaria o número de deputados, com a conquista de mais dois assentos. O grande perdedor seria o Partido Cristão Social (CSV) que perderia quatro mandatos. 

É o que revela a sondagem (Sonndesfro) sobre intenções de voto realizada pelo instituto de opinião pública TNS/Ilres, a pedido do Wort e da RTL. Os três partidos de coligação governamental passariam a ter 32 deputados, contra os atuais 31. 

Enquanto que o DP e o LSAP ganhariam mais um mandato, passando a 13 e 11 deputados, respetivamente, o partido ecologista Déi Gréng perderia um assento parlamentar.

Se as legislativas tivessem lugar no domingo, o CSV continuaria a ser o maior partido da oposição, com 17 assentos parlamentares, menos quatro do que atualmente.

Quem continua subir nas intenções de voto é o Partido Pirata. Conseguiria duplicar o número de assentos parlamentares. Teria quatro face aos atuais dois.

O partido déi Lénk (A Esquerda, em português) conquistaria mais um deputado, passando de dois para três parlamentares. O ADR conservaria os seus quatro eleitos.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O grandes vencedores desta sondagem são os socialistas (LSAP) que obtêm 19,8% das intenções de votos, ou seja mais dois assentos parlamentares. A ministra da Saúde, Paulette Lenert, recentemente eleita a personalidade política mais popular do Luxemburgo, parece ter arrecadado mais eleitores a favor do seu partido.
O CSV continua a ser o partido mais votado nas legislativas luxemburguesas mas não atinge os seus objetivos. O atual primeiro-ministro, Xavier Bettel (DP), disse que esta coligação "tem condições para continuar", enquanto Wiseler pretende formar governo à frente do partido mais votado. A grande revelação da noite foi o Partido Pirata e o déi Gréng.