Escolha as suas informações

Certificados digitais não isentam quarentena para certas zonas mas há exceções para as crianças
Sociedade 04.06.2021

Certificados digitais não isentam quarentena para certas zonas mas há exceções para as crianças

Certificados digitais não isentam quarentena para certas zonas mas há exceções para as crianças

Foto: Shutterstock
Sociedade 04.06.2021

Certificados digitais não isentam quarentena para certas zonas mas há exceções para as crianças

Quem regressar das chamadas "zonas vermelhas escuras", áreas com elevado número de infeções ou com a presença de variantes particularmente graves, poderá ter de fazer quarenta, mas crianças com pais já vacinados e menores de seis ficam isentas.

Está cada vez mais próxima a entrada em vigor do certificado verde digital, que vai permitir aos europeus, a partir de 1 de julho, viajarem no território do velho continente, dispensando, em muitos casos, a obrigatoriedade de quarentenas.


Imagem de arquivo
Viagens. Aeroportos temem "caos" durante o verão
Aumento esperado do fluxo de passageiros e controlos sanitários estão a deixar em alerta os profissionais das estruturas aeroportuárias. Tempos de espera nos aeroportos poderão chegar a oito horas se as viagens retomarem a 100%.

Uma das vantagens dos certificados é atestarem o grau de imunização dos passageiros, desde os vacinados, aos que já foram infetados com covid-19 e recuperaram, ou a condição de não infetados, através da apresentação de um teste PCR com resultado negativo.

No entanto, embora o certificado possa permitir à maioria das pessoas viajar através da UE sem ter de ficar em quarentena à chegada, existe uma exceção para as chamadas "zonas vermelhas escuras", ou seja, áreas com elevado número de infeções ou com a presença de variantes particularmente graves do vírus, segundo noticia a RTL, com base no encontro de ontem entre a ministra da Saúde, Paulette Lenert, e o comissário Europeu para a Justiça, Didier Reynders, e do qual, de acordo com a estação, saíram mais alguns pormenores sobre o certificado digital.


'Covid check'. O que é, quem o pode utilizar, e onde
Código QR anunciado ontem pelo primeiro-ministro vai ditar o regresso a uma vida mais normal aos residentes do Grão-Ducado. Saiba o que é, para que serve, quem o pode utilizar, e onde.

Apesar de poder haver essa obrigatoriedade de quarentena para quem chegar das zonas com um número mais extremo de casos, há exceções para as famílias. As crianças cujos pais já estiverem vacinados não terão de ser submetidas a quarentena. As mais novas, com seis anos ou menos, também ficam isentas de fazer teste PCR ou teste rápido. Este limite etário poderá ser revisto e aumentado no futuro, de acordo com a mesma notícia.

Desde quarta-feira, sete estados membros da UE, incluindo a Alemanha, já começaram a emitir o certificado digital. No Luxemburgo ele deverá ser uma realidade a partir de meados deste mês. O Covidcheck.lu, o website que servirá de base para o certificado digital luxemburguês, deverá estar online a partir de 13 de junho.

Veja aqui como vai funcionar este certificado.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas