Escolha as suas informações

Camionista português detido em França por alegadamente ter atropelado 'coletes amarelos'

Camionista português detido em França por alegadamente ter atropelado 'coletes amarelos'

Foto: AFP
Sociedade 27.11.2018

Camionista português detido em França por alegadamente ter atropelado 'coletes amarelos'

Um camionista português foi detido este domingo en França, na zona de Toulouse, após ter alegadamente abalroado um motociclista que participava num protesto contra o aumento dos combustíveis no país.

Um camionista de nacionalidade portuguesa foi detido no domingo passado en França, na zona de Toulouse, após ter alegadamente abalroado um motociclista que participava num protesto a favor do aumento dos combustíveis no país. No vídeo que está a circular pela internet pode ver-se vários motociclistas em marcha lenta a ocupar as três faixas de rodagem na estrada. 

O camionista terá alegadamente ultrapassado os motards pela berma, tendo sido seguido por vários motociclistas que participavam no protesto dos 'coletes amarelos', que reivindicam a diminuição do preço dos combustíveis. Uns segundos à frente pode ver-se um dos motociclistas no chão a ser assistido pelo autor do vídeo e por outros manifestantes dos 'coletes amarelos'. 

O português terá sido intercetado alguns quilómetros mais à frente, numa área de serviço, e foi algemado e detido pela polícia francesa, como demonstra outra vídeo que está também a circular nas redes sociais. O motard abalroado sofreu vários ferimentos mas está estável. As autoridades francesas estão a investigar o caso. 

 Os "coletes amarelos" são um movimento cívico à margem de partidos e sindicatos, criado nas redes sociais e alimentado pelo descontentamento da classe média-baixa. Surgiu inicialmente como protesto contra o aumento dos combustíveis, mas foi alargando o descontentamento em relação a várias medidas do Presidente francês, Emmanuel Macron.

As manifestações duram há várias semanas um pouco por toda a França. Apesar dos intensos protestos, que geraram inclusive confrontos com a polícia, o governo francês reiterou esta semana que vai aumentar os impostos sobre os combustíveis. Só no passado sábado, oito pessoas, incluindo dois polícias, ficaram feridas nos protestos em Paris. Só na capital francesa, 8 mil pessoas manifestaram o seu descontentamento face ao governo de Macron. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Governo francês suspende aumento da taxa dos combustíveis
O anúncio desta baixa nos impostos, que o executivo até agora rejeitou fortemente, acontece depois de três semanas de bloqueios e manifestações violentas em todo o território francês, que culminaram com cenas de tumultos em Paris no sábado.
Movimento dos coletes amarelos promete bloquear Paris hoje
O movimento dos "coletes amarelos" desde há uma semana que tem promovido protestos e marchas lentas em França contra o aumento do imposto sobre combustíveis. Mas hoje, de acordo com apelos feitos através das redes sociais, promete mesmo bloquear Paris.