Escolha as suas informações

Cabo-verdianos no Luxemburgo vão ter quatro mesas de voto
Sociedade 15.09.2016 Do nosso arquivo online
Eleições presidenciais a 2 de Outubro

Cabo-verdianos no Luxemburgo vão ter quatro mesas de voto

Depois das eleições legislativas de 20 de Março, os cabo-verdianos no Luxemburgo vão poder voltar a votar, agora para as presidenciais
Eleições presidenciais a 2 de Outubro

Cabo-verdianos no Luxemburgo vão ter quatro mesas de voto

Depois das eleições legislativas de 20 de Março, os cabo-verdianos no Luxemburgo vão poder voltar a votar, agora para as presidenciais
Foto: Manuel Dias
Sociedade 15.09.2016 Do nosso arquivo online
Eleições presidenciais a 2 de Outubro

Cabo-verdianos no Luxemburgo vão ter quatro mesas de voto

Os cabo-verdianos no Luxemburgo inscritos nos cadernos eleitorais vão ter à disposição quatro mesas de voto para as eleições presidenciais, que vão ter lugar a 2 de Outubro. Saiba onde.

Os cabo-verdianos no Luxemburgo inscritos nos cadernos eleitorais vão ter à disposição quatro mesas de voto para as eleições presidenciais, que vão ter lugar a 2 de Outubro.

De acordo com a presidente da Comissão de Recenseamento Eleitoral de Cabo Verde no Luxemburgo, Dulce Fernandes, as mesas de voto vão estar a funcionar das 8h às 18h nos seguintes locais:

  • Norte - instalações da comuna de Ettelbruck;
  • Centro - duas mesas na Embaixada de Cabo Verde (Val Sainte Croix, n° 117), na cidade do Luxemburgo;
  • Sul - comuna de Esch-sur-Alzette. 

Os votantes deverão apresentar o bilhete de identidade ou o passaporte, mesmo que caducado.

Até ao momento apenas três nomes apresentaram a sua candidatura. Em liça vão estar o até agora Presidente Jorge Carlos Fonseca, apoiado pelo partido no poder, Movimento pela Democracia (MpD), o reitor da Universidade de Mindelo Albertino Graça, e o veterano da luta pela independência Joaquim Monteiro.

Com duas derrotas nas eleições deste ano (as legislativas de 20 de Março e as autárquicas de 4 de Setembro), o agora maior partido da oposição Partido Africano de Independência de Cabo Verde (PAICV) deu liberdade de voto aos seus militantes depois de não apresentado nenhuma candidatura.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O Governo do Luxemburgo quer facilitar o recenseamento eleitoral dos cidadãos estrangeiros residentes no país, permitindo que os imigrantes se possam inscrever nos cadernos eleitorais pela Internet.
Dorénavant, le vote par correspondance sera ouvert à tout électeur qui en fait la demande
Os cabo-verdianos no Luxemburgo vão também poder votar nas eleições presidenciais do próximo domingo. A grande preocupação da delegação da Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Cabo Verde no Grão-Ducado é o elevado número de abstenções.
O delegado da Comissão Nacional Eleitoral de Cabo Verde no Luxemburgo, Gilson Lopes, apela ao votos dos cabo-verdianos no Luxemburgo
Com o aproximar das eleições legislativas cabo-verdianas marcadas para 20 de Março, os cadernos eleitorais já podem ser consultados na Embaixada de Cabo Verde no Luxemburgo, na capital.
A Embaixada de Cabo Verde fica no Val Sainte Croix, n°117, na capital