Escolha as suas informações

Bélgica. População convidada a sair de Liège devido a inundação "excecional" do rio Meuse
Sociedade 15.07.2021
Chuvas torrenciais

Bélgica. População convidada a sair de Liège devido a inundação "excecional" do rio Meuse

Chuvas torrenciais

Bélgica. População convidada a sair de Liège devido a inundação "excecional" do rio Meuse

DR
Sociedade 15.07.2021
Chuvas torrenciais

Bélgica. População convidada a sair de Liège devido a inundação "excecional" do rio Meuse

Lusa
Lusa
A subida do nível do rio Meuse em Liège, leste da Bélgica, obrigou hoje as autoridades a aconselhar milhares de residentes nos bairros ribeirinhos a abandonarem as casas

"São aconselhados a deslocar-se para as partes altas de Liège. Se a evacuação já não for possível, recomenda-se aos cidadãos que não subam e não arrisquem", especifica a mensagem das autoridades transmitida pelos meios de comunicação durante a tarde. De acordo com as estimativas da região da Valónia, o nível da água "pode subir 1,50 metros acima do nível atual nas próximas horas".


Novo balanço aponta para 42 mortos na Alemanha e quatro na Bélgica devido ao mau tempo
A chanceler alemã, Angela Merkel, declarou-se hoje "impressionada" com a severidade das inundações na Alemanha. Há ainda dezenas de desaparecidos no país.

Liège, que tem cerca de 200.000 habitantes, é a quarta cidade mais populosa da Bélgica e os bairros afetados pelas evacuações são os de Coronmeuse, Saint-Léonard, Outremeuse e o centro da cidade.

"A enchente vai ter um caráter muito perigoso em Liège", alertou hoje o presidente da região da Valónia, o ex-primeiro-ministro Elio di Rupo, ao parlamento regional. O Meuse, perto de Liège, é o recetáculo da grande maioria dos rios no sul e no leste da Bélgica.

Esses rios, particularmente o Ourthe e o Vesdre, aumentaram o fluxo de forma significativa com as chuvas torrenciais dos últimos dias. Os municípios ribeirinhos destes rios estão submersos desde quarta-feira, nas regiões de Liège e Verviers, em particular Theux, Pepinster e a estância termal de Spa.


Cidades de Echternach e Vianden parcialmente evacuadas
Os residentes da cidade de Echternach vão ser evacuados esta tarde. A decisão acaba de ser tomada pela Corporação Grã-Ducal de Incêndio e Socorro (CGDIS) em colaboração com o burgomestre Yves Wengler.Em Vianden os moradores das imediações do rio Our também estão a ser evacuados.

Grande parte da cidade de Angleur, na fronteira com Liège, nas margens do Ourthe, foi também inundada.

De acordo com os meios de comunicação belgas, estas inundações causaram a morte de pelo menos seis pessoas no país, incluindo quatro no único distrito de Verviers, no leste. Milhares de pessoas podem ter que vir a ser realojadas pelas autoridades.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas