Escolha as suas informações

Associação contra abertura de nova prisão em Sanem
Sociedade 30.11.2022
Protesto

Associação contra abertura de nova prisão em Sanem

Protesto

Associação contra abertura de nova prisão em Sanem

Foto: Guy Jallay/Luxemburger Wort
Sociedade 30.11.2022
Protesto

Associação contra abertura de nova prisão em Sanem

Susy MARTINS
Susy MARTINS
O organismo revela que 85% das pessoas que estão atualmente na prisão não deveriam lá estar, e que o novo centro só vai piorar a situação.

O novo centro penitenciário em Sanem, previsto para 400 reclusos, abre portas esta quarta-feira. Mas para a associação "Eran, Eraus… an Elo?", este dia não é motivo de grandes festejos. 

Num comunicado, o organismo revela que 85% das pessoas que estão atualmente na prisão não deveriam lá estar e que o novo centro, destinado a suspeitos em prisão preventiva, vai piorar esta situação. 

Desta forma, a"Eran, Eraus… an Elo?" promove esta quarta-feira um piquete de protesto às 14h.

O novo centro em Sanem é destinado aos reclusos que aguardam pelo julgamento em prisão preventiva, o que leva a associação a concluir que o Estado pretende colocar em prisão ainda mais pessoas que não foram julgadas.  


A nova prisão deverá abrir portas no início de 2023 e é destinada aos reclusos que aguardam pelo julgamento em prisão preventiva.
Sanem. Construção da prisão ultrapassa orçamento em 23 milhões de euros
Ministra da Justiça disse que o orçamento inicial de 81 milhões de euros foi revisto em alta atingindo agora cerca de 104 milhões de euros.

Segundo a associação, que se baseia em estudos internacionais, no Grão-Ducado, a maioria dos reclusos está detida por delitos menores como assaltos simples ou pequenos delitos relacionados com estupefacientes. 

Fora os que estão ainda a aguardar julgamento em prisão preventiva. Um número de pessoas tão elevado, que funciona como mais um argumento do Estado para a construção de um novo edifício por mais de 200 milhões de euros, critica o organismo. 

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas