Escolha as suas informações

ANIL. Xavier Bettel discutiu o futuro da enfermagem no Luxemburgo
Sociedade 28.11.2020

ANIL. Xavier Bettel discutiu o futuro da enfermagem no Luxemburgo

ANIL. Xavier Bettel discutiu o futuro da enfermagem no Luxemburgo

Sociedade 28.11.2020

ANIL. Xavier Bettel discutiu o futuro da enfermagem no Luxemburgo

As discussões incluiram a questão da escassez de pessoal de saúde no Luxemburgo e uma melhor valorização da formação conducente à profissão de enfermagem.

O primeiro-ministro do Luxemburgo, Xavier Bettel, reuniu-se com representantes da Associação de Enfermeiros do Luxemburgo (ANIL) esta sexta-feira para discutir o futuro da profissão. 

Bettel aproveitou a oportunidade para expressar "o seu respeito e agradecimento pelos enormes esforços feitos pelo pessoal de saúde e enfermeiros desde o início da crise". 

Segundo comunicado do Governo, tendo em conta a escassez de pessoal de cuidados de saúde, que foi mais uma vez salientada durante a atual crise, foi acordado que é urgente trabalhar em dois eixos. O primeiro que se foca na prestação de uma formação atrativa na profissão, em consonância com a crescente complexidade da profissão, e o segundo na valorização da profissão e da sua imagem junto do público em geral.


Covid-19. Profissionais da saúde vão ser ouvidos no Parlamento
Os deputados aprovaram ontem uma resolução parlamentar de Martine Hansen (CSV), que pedia a organização de uma audição pública com todos os representantes do setor hospitalar.

A necessidade de adaptar ou reformar o modelo de estudo, bem como sugestões concretas, tais como uma campanha de informação ou um estudo aprofundado sobre as condições de trabalho dos enfermeiros, foram levantadas e discutidas. 

O primeiro-ministro comprometeu-se a agendar o mais rapidamente possível a marcação de uma a reunião de trabalho interministerial com a ANIL a fim de elaborar propostas e projetos concretos a serem implementados.

 Durante esta reunião, o Xaviel Bettel reiterou que durante esta crise, "testemunhámos mais uma vez a importância dos enfermeiros para o bom funcionamento do nosso sistema de saúde. Agora, é importante manter e até expandir esta visão reforçada da sua profissão". 

O governo  disse ainda apoiaa plenamente a ANIL nos seus esforços a este respeito, antes de acrescentar que é  "também importante formar mais enfermeiros neste país, e assegurar que a formação vai ao encontro das necessidades e desafios da sua profissão. O nosso objetivo comum é preparar a profissão para o futuro e assim apoiar e reforçar todo o sistema de saúde a longo prazo. Estou convencido de que juntos seremos bem sucedidos", concluiu. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas