Escolha as suas informações

Alemanha prevê começar vacinação em 27 de dezembro
Sociedade 17.12.2020 Do nosso arquivo online

Alemanha prevê começar vacinação em 27 de dezembro

Alemanha prevê começar vacinação em 27 de dezembro

AFP
Sociedade 17.12.2020 Do nosso arquivo online

Alemanha prevê começar vacinação em 27 de dezembro

Lusa
Lusa
A Alemanha planeia iniciar a campanha de vacinação contra o novo coronavírus em 27 de dezembro, dando prioridade aos lares de idosos, confirmou hoje a Conferência de Ministros de Saúde da Alemanha.

"O ministro federal da Saúde, Jens Spahn, confirmou à Conferência de Ministros da Saúde a aprovação e entrega planeada da vacina da BioNTech. A data de início da vacinação contra o novo coronavírus está agendada para 27 de dezembro", lê-se no comunicado do órgão que reúne os ministros regionais da Saúde no país.

O responsável adiantou também que a administração das vacinas vai começar "principalmente nos lares de idosos", acrescenta a nota.

Na manhã de hoje, a Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, sugeriu que os 27 estados-membros da União Europeia (UE) podem "começar no mesmo dia" as campanhas de vacinação face ao vírus responsável pela pandemia de covid-19, depois de aprovada a vacina desenvolvida pelo fabricante norte-americano de medicamentos Pfizer e pela empresa germânica BioNTech.

Depois de ter agendado inicialmente a aprovação da vacina para 29 de dezembro, a Agência Europeia do Medicamento anunciou, na terça-feira, que iria tomar essa decisão em 21 de dezembro.

A Comissão Europeia pode emitir a autorização condicional de introdução da vacina no mercado da EU, após examinar o parecer dessa entidade reguladora e consultar os estados-membros.

O primeiro-ministro de França, Jean Castex, também avançou hoje que a vacinação no país pode começar "a partir da última semana de dezembro", "se as condições [exigidas] forem satisfeitas".

A vacina de Pfizer e da BioNTech foi a primeira a ser administrada a nível mundial, no Reino Unido, em 08 de dezembro, tendo já sido também aprovada nos Estados Unidos, no México e na Arábia Saudita.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Bruxelas havia adquirido 200 milhões de doses desta vacina, que contava que fossem administradas até setembro de 2021, tendo agora decidido reservar mais 100 milhões de doses, mesmo contando dispor muito em breve de outras vacinas contra a covid-19, dado ter uma ampla carteira de potenciais vacinas.
A presidente da Comissão Europeia exortou hoje a União Europeia a iniciar "tão cedo quanto possível" uma campanha de vacinação contra a covid-19, a arrancar em simultâneo nos 27 Estados-membros, para assegurar a erradicação do "vírus horrível".
Ursula von der Leyen