Escolha as suas informações

Alemanha e França suspendem uso da vacina da AstraZeneca
Sociedade 2 min. 15.03.2021

Alemanha e França suspendem uso da vacina da AstraZeneca

Alemanha e França suspendem uso da vacina da AstraZeneca

AFP
Sociedade 2 min. 15.03.2021

Alemanha e França suspendem uso da vacina da AstraZeneca

Lusa
Lusa
Os dois Governos afirmaram estar a agir por "precaução", após casos de coágulos sanguíneos perigosos relacionados com este fármaco.

A Alemanha e a França juntam-se à Noruega, a Áustria, Estónia, Lituânia, Letónia, Luxemburgo e Dinamarca, que já interromperam o uso da vacina da AstraZeneca, após a deteção de casos graves de coágulos sanguíneos em pessoas que foram vacinadas com doses da AstraZeneca.

O Ministério da Saúde alemão disse que a decisão foi tomada a título de “precaução” e a conselho do organismo regulador de vacinas da Alemanha, o Instituto Paul Ehrlich, que pediu uma investigação mais aprofundada dos casos detetados.


Estes são os países que suspenderam a vacina da AstraZeneca
Suspeitas de complicações de coagulação após a vacinação ainda não foram provadas mas países estão a agir por precaução.

Em comunicado, o Ministério disse que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) decidirá “se e como as novas informações afetarão a autorização da vacina”.

No comunicado, o Ministério da Saúde alemão explicou que os coágulos sanguíneos relatados envolveram veias cerebrais, mas não especificou onde ou quando os incidentes ocorreram.

Também o Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou hoje que a vacina da AstraZeneca para a covid-19 vai ser suspensa em França "por precaução", tal como aconteceu em outros países europeus. 

"Muitos parceiros europeus decidiram suspender a utilização da vacina da AstraZeneca. Há alguns minutos foi a vez das autoridades alemãs. A Autoridade Europeia do Medicamento vai pronunciar-se amanhã (terça-feira) sobre a vacina e, até lá, o ministro da Saúde e as autoridades sanitárias decidiram suspender a vacinação com AstraZeneca por precaução", afirmou o Presidente em conferência de imprensa.  Macro disse ainda desejar que caso a vacina volte a receber luz verde pelas autoridades europeias, a vacinação com este fármaco seja retomada rapidamente.

A AstraZeneca já disse que não há motivo para preocupação com a sua vacina e que houve menos casos de trombose relatados nas pessoas que receberam a injeção do que na população em geral.


OMS diz que não há razão para não usar vacina da AstraZeneca
A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou esta sexta-feira que “não há razão para não usar” a vacina contra a covid-19 da AstraZeneca, após a sua utilização ter sido suspensa em vários países europeus como medida de precaução.

No mesmo sentido, a Agência Europeia de Medicamentos e a Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmaram que os dados disponíveis não sugerem que a vacina da AstraZeneca tenha causado os coágulos e que as pessoas podem continuar a ser imunizadas com esse fármaco.

De acordo com o Centro Europeu para Prevenção e Controlo de Doenças, a Alemanha recebeu pouco mais de três milhões de doses da vacina AstraZeneca e usou apenas 1,35 milhão de doses, até agora.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Dinamarca prolonga suspensão da vacina da AstraZeneca
Autoridades dinamarquesas consideram que ainda há incertezas entre os casos graves de coágulos sanguíneos ocorridos em pessoas que tomaram a vacina e defendem mais tempo para restaurar a confiança da população nas vacinas.