Escolha as suas informações

Alemanha começa a vacinar adolescentes a partir dos 12 anos já em junho
Sociedade 2 min. 28.05.2021 Do nosso arquivo online

Alemanha começa a vacinar adolescentes a partir dos 12 anos já em junho

Alemanha começa a vacinar adolescentes a partir dos 12 anos já em junho

AFP
Sociedade 2 min. 28.05.2021 Do nosso arquivo online

Alemanha começa a vacinar adolescentes a partir dos 12 anos já em junho

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
A partir de dia 7 do próximo mês será possível fazer o agendamento da vacinação para menores com 12 anos ou mais de idade. Mas a vacina não é obrigatória.

A Alemanha vai começar a vacinar adolescentes com mais de 12 anos, a partir de dia 7 de junho, avançou a chanceler Angela Merkel, esta quinta-feira, refere a agência AFP.

"As crianças e jovens com 12 ou mais anos de idade terão a oportunidade de agendar a vacina a partir de 7 de junho", afirmou Merkel depois de conversações com os líderes regionais da Alemanha. 

 A vacina não será, contudo, obrigatória, nem requisito para frequentar as aulas presenciais ou para os adolescentes poderem viajar no verão.  

 "A principal mensagem para os pais é: não haverá vacinações obrigatórias", ressalvou a chanceler, esclarecendo que a não vacinação não impedirá as crianças de irem de férias, nem as escolas exigirão essa imunização . Mesmo assim, os pais que quiserem vacinar os filhos dessas idades poderão esperar a toma de, pelo menos, a primeira dose até ao final de agosto, antes de recomeçar o próximo ano letivo.


Covid-19. Bettel quer vacinar jovens dos 12 aos 15 anos, quando UE aprovar
Quando a Agência Europeia do Medicamento autorizar a administração das vacinas aos adolescentes, e tudo estiver pronto "podemos começar a vacinar também", disse o primeiro-ministro.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês) anuncia esta sexta-feira se recomenda a vacina Pfizer/BioNTech contra a covid-19 em jovens entre os 12 e os 15 anos - já está autorizada na União Europeia para os maiores de 16 anos. 

Caso seja aprovada pela EMA, o Luxemburgo está preparado para seguir o exemplo da  Alemanha, segundo avançou esta semana o primeiro-ministro, Xavier Bettel, em entrevista à RTL.

O Canadá e os Estados Unidos já começaram a vacinar as crianças com mais de 12 anos.

A vacinação dos mais jovens não é consensual entre os especialistas. Alguns têm manifestado reservas sobre a vacinação nos menores de idade, salientando que as crianças e adolescentes raramente sofrem de covid-19 na sua forma grave e que o fornecimento de vacinas ainda é escasso. De acordo com a AFP, a agência reguladora de vacinas alemã também já assinalou a sua intenção de recomendar a vacina apenas para adolescentes em categorias de risco.

Posição diferente tem o Diretor da Saúde luxemburguês, Jean-Claude Schmit, que é a favor da vacinação dos jovens lembrando que mesmo não sendo tão afetados pelas manifestações mais graves dacovid-19, são um grupo um vetor de transmissão na população.

Também Xavier Bettel salientou na entrevista à RTL que deixar uma geração inteira à margem desse processo não é correto e que assim que seja dada luz verde pelo regulador europeu o Luxemburgo avançará para a vacinação dos seus adolescentes. 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas