Escolha as suas informações

Breves Sociedade 19.11.2020

Ainda há quem não tenha sanita com autoclismo em casa

A percentagem é baixa, mas ainda há quem não tenha sanita com autoclismo dentro da casa onde vive. Na União Europeia (UE), essa taxa é de 2%. No Luxemburgo, cai para 0,1%.

Os dados são referentes a 2019 e foram divulgados pelo Eurostat a propósito do Dia Mundial da Sanita, que se assinala esta quinta-feira. Uma efeméride criada para alertar para o problema da falta de saneamento básico no mundo. Em causa está a percentagem de pessoas que não têm uma sanita com autoclismo para uso próprio no interior da habitação.

Segundo os gráficos do Eurostat, em 2019, a taxa era inferior a 1% em 19 países do bloco, com a Suécia a registar o valor mais baixo, perto de 0%. A seguir aparece então o Luxemburgo, Malta, Holanda e Eslovénia, todos com 0,1%.Mesmo assim, e tendo em conta que o Grão-Ducado totalizava no ano passado cerca de 614.000 habitantes, serão cerca de 600 os residentes que vivem sem sanita com autoclismo em casa.

Na Roménia, a história é outra. Quase uma em cada quatro pessoas (24,2%) queixa-se do problema. Em Portugal, por exemplo, a percentagem é de 0,7%. Olhando para o conjunto do bloco, a taxa de 2% continua a ser significativa, tendo havido, mesmo assim, uma diminuição de 1,7% nos últimos dez anos.  

Breves Luxemburgo por Diana ALVES Hoje às 12:08

Tiros em Remich. Polícia procura testemunhas

Uma pessoa ficou ferida na terça-feira, em Remich, depois de ter sido atingida por um tiro numa perna. 

O caso foi registado por volta das 23:00, quando foram ouvidos tiros na ponte fronteiriça entre o Luxemburgo e a Alemanha, de acordo com informações divulgadas hoje pela polícia, que lança um apelo a testemunhas.

Segundo dados preliminares do inquérito, há registo de apenas um ferido. O indivíduo recebeu os primeiros socorros ainda no local, tendo sido depois levado para o hospital. Ao que tudo indica, encontra-se fora de perigo.

Sabe-se também que o autor dos disparos conseguiu escapar à polícia. A pedido do Ministério Público, o departamento de investigação criminal da polícia já está a analisar o caso.

Para ajudar a investigação, a polícia lança um apelo à colaboração de eventuais testemunhas. Qualquer informação sobre este caso deve ser transmitida às autoridades através do número de emergência 113.  

Breves Sociedade por Henrique DE BURGO 24.11.2020

Luxemburgo sai do 'top 10' dos países onde melhor se fala inglês

O Luxemburgo desceu dois lugares no 'ranking' de proficiência em inglês, saindo do 'top 10' dos países onde melhor se fala esta língua. De acordo com o mais recente estudo da empresa internacional Education First, especializada em viagens educacionais e cursos de língua, o Grão-Ducado ocupa agora o 11° lugar da lista, mas mesmo assim mantém-se na categoria de "proficiência muito elevada"

Segundo o ranking de 2020, que avalia as competências de 2,2 milhões de pessoas em 100 países, os falantes não nativos mais fluentes em inglês são os holandeses, dinamarqueses e finlandeses. Portugal aparece em 7° lugar, tendo subido cinco posições em relação ao ano passado.  

Encontro entre Progrès Niederkorn e Racing Luxembourg em abril de 2020.
Breves Desporto por Henrique DE BURGO 24.11.2020

Covid-19. FLF adia dois jogos em atraso da Liga BGL

A Federação Luxemburguesa de Futebol decidiu adiar os dois jogos em atraso da Liga BGL, previstos para esta quarta-feira. Trata-se dos duelos Progrès Niederkorn – Racing Luxembourg e Hamm Benfica – F91 Dudelange.

Devido às novas medidas sanitárias anunciadas ontem pelo Governo, a FLF refere que a decisão foi tomada por "solidariedade", sendo que os dois jogos vão ser adiados para uma data ainda a anunciar.

Quanto à continuação dos jogos da Liga BGL, retomados no domingo último, o organismo que rege o futebol luxemburguês refere que deverá tomar uma decisão ainda hoje.  

Breves Economia 23.11.2020

Setor bancário perdeu 284 trabalhadores num ano

O setor bancário luxemburguês perdeu 284 trabalhadores num ano. A 30 de setembro último, o setor empregava 26.154 pessoas, segundo dados divulgados pelo Banco Central do Luxemburgo (BCL). 

São menos 67 face ao trimestre anterior e menos 284 em relação a setembro de 2019. Apesar da quebra, a diminuição é menos acentuada do que aquela verificada no final do segundo trimestre deste ano, quando o setor registava uma redução anual de mais de 400 efetivos.

Os dados do BCL mostram que, a 30 de setembro passado, o Luxemburgo tinha 128 instituições bancárias, menos duas do que no mesmo período de 2019.Os bancos que compõem a praça financeira luxemburguesa são oriundos de cerca de 25 países ou territórios. 

Dos 128 bancos a funcionar no país, apenas nove são luxemburgueses. Portugal também aparece na lista, com uma instituição bancária.  

Politik, außenpolitische Erklärung, Jean Asselborn  Foto: Anouk Antony/Luxemburger Wort
Breves Sociedade 23.11.2020

Jean Asselborn visita Itália com imigração na agenda

Asselborn vai ser recebido pelo seu homólogo italiano, Luigi di Maio, para um encontro bilateral e ainda pelos ministros da Imigração (Luciana Lamorgese) e dos Assuntos Europeus (Vincenzo Amendola).

A visita de trabalho a Roma e os vários encontros com as autoridades italianas vão servir ainda para efetuar um balanço das relações bilaterais entre o Luxemburgo e a Itália, e discutir a atualidade europeia e internacional.  

Breves Sociedade por Henrique DE BURGO 23.11.2020

Parque Natural Mullerthal candidato a "Geoparque Mundial da Unesco"

O Parque Natural Mullerthal vai ser apresentado esta segunda-feira como candidato à inclusão na rede "Geoparque Mundial da Unesco", uma área protegida que tem como elemento principal o seu património geológico.

(Re)fundado em 2016 como "Parque natural e geológico Mullerthal" e também conhecido como "Petite Suisse" do Luxemburgo, é um dos pontos turísticos mais visitados no país. Situado na região de Mullerthal, o parque é marcado pelo património natural e por formações geológicas que, devido à sua erosão, contribuíram para a criação de uma das mais belas paisagens do Luxemburgo.

A apresentação desta candidatura vai ser feita por três ministros: do Ornamento do Território (Claude Turmes), do Ambiente (Carole Dieschbourg) e da Cultura (Sam Tanson).