Escolha as suas informações

Adiado o debate sobre dois dias de teletrabalho por semana
Sociedade 30.11.2022
Parlamento

Adiado o debate sobre dois dias de teletrabalho por semana

Parlamento

Adiado o debate sobre dois dias de teletrabalho por semana

Foto: dpa
Sociedade 30.11.2022
Parlamento

Adiado o debate sobre dois dias de teletrabalho por semana

Diana ALVES
Diana ALVES
A discussão tinha sido agendada para este dia 30 de novembro na sequência de uma petição pública que foi assinada por mais de 13.800 pessoas.

Foi adiado o debate público no Parlamento sobre o teletrabalho. A discussão tinha sido agendada para este dia 30 de novembro na sequência de uma petição pública que reivindica dois dias de trabalho remoto por semana para todos os trabalhadores. A petição popular foi assinada por mais de 13.800 pessoas.

Numa nota divulgada no seu site, a Câmara dos Deputados indica apenas que o debate terá lugar numa data posterior, sem avançar a razão do adiamento.


Empresa luxemburguesa vai dar um dia de descanso (a mais) por mês aos trabalhadores
É uma medida em prol do equilíbrio entre a vida profissional e pessoal. Uma empresa luxemburguesa vai dar um dia extraordinário de descanso, por mês, a todos os trabalhadores.

A petição em causa foi lançada por Katia Litim, que defende dois dias de ‘homeoffice’ por semana para todos os trabalhadores, sejam residentes no país ou do outro lado da fronteira.

O tema do teletrabalho ganhou força durante a pandemia da covid-19, mas as opiniões dividem-se. Se, por um lado, os adeptos desta forma de trabalhar destacam as vantagens para o ambiente e para o equilíbrio entre vida pessoal e profissional; por outro, há quem alerte para o lado menos bom do trabalho a partir de casa.

Ainda no mês passado, o Conselho Económico e Social veio chamar a atenção para as consequências do teletrabalho, entre ais quais o isolamento social dos trabalhadores e o enfraquecimento da economia local.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Para o outono, já está previsto um sétimo debate público deste período legislativo sobre a petição que reivindica dois dias de dispensa para as mulheres menstruadas.