Escolha as suas informações

Verão em Portugal. Bares abertos até às 2h00 da manhã, a partir de domingo
Portugal 2 min. 30.07.2021
Alívio de restrições

Verão em Portugal. Bares abertos até às 2h00 da manhã, a partir de domingo

Alívio de restrições

Verão em Portugal. Bares abertos até às 2h00 da manhã, a partir de domingo

Foto: Diana Tinoco
Portugal 2 min. 30.07.2021
Alívio de restrições

Verão em Portugal. Bares abertos até às 2h00 da manhã, a partir de domingo

Redação
Redação
Afinal, os bares vão reabrir já dia 1 de agosto, esclareceu o Governo e "estão sujeitos às mesmas regras da restauração", com limite de lotação e de lugares sentados.

É o regresso da animação noturna em Portugal. Os bares, encerrados desde março de 2020 vão finalmente reabrir as suas portas e podem estar abertos até às 2h00 da madrugada. Já as discotecas são irão voltar a funcionar a partir de outubro.

A reabertura dos bares a partir de dia 1 de agosto foi ontem à noite anunciada no Portal do Governo, incluída nas novas medidas de desconfinamento, que entram em vigor em Portugal, a partir de domingo, corrigindo assim a informação avançada pelo primeiro-ministro durante a tarde. Na apresentação do alívio das medidas, António Costa tinha declarado que os bares continuariam fechados até outubro, tal como as discotecas. Afinal, vão reabrir já nesta fase.

Regras nos bares

Estes espaços de animação noturna vão estar sujeitos às regras aplicadas aos restaurantes no âmbito da pandemia da covid-19. Segundo informação disponibilizada no portal do Governo (clique aqui para ver todas as informações) https://covid19estamoson.gov.pt/, o Conselho de Ministros incluiu a reabertura dos bares, "sujeitos às regras da restauração", na primeira fase do plano de levantamento gradual das restrições que aprovou hoje.

Fonte oficial da Presidência do Conselho de Ministros explicou à Lusa que os bares terão de funcionar com as regras de limites de lotação e de ocupação dos espaços impostas aos restaurantes.


Portugal volta a desconfinar. Se vai viajar, conheça as novas regras
Fim do dever de recolhimento em todo o país, fim da obrigatoriedade do teletrabalho e certificado digital e teste passam a ser requeridos em mais situações. Medidas já não são estipuladas para cada concelho e passam a ter dimensão nacional.

Assim, os clientes dos bares terão, por exemplo, de se manter sentados e terão de ser respeitados limites no número de pessoas por mesa, disse a mesma fonte.

Esta informação corrige a que foi inicialmente divulgada no final do Conselho de Ministros e apresentada pelo primeiro-ministro, António Costa, segundo a qual os bares permaneceriam encerrados na fase de levantamento de restrições que se inicia no próximo domingo.

Segundo a informação disponibilizada no portal do Governo dedicado à pandemia, "os estabelecimentos de restauração e similares" passam, em 01 de agosto, a poder estar abertos até às 2h00 da madrugada e com "a regra do máximo de 6 pessoas por mesa no interior ou 10 pessoas nas esplanadas".

"Os bares e outros estabelecimentos de bebidas sem espetáculo e os estabelecimentos de bebidas podem funcionar, com sujeição às regras estabelecidas para o setor da restauração e similares, desde que observem as regras e orientações em vigor e as especificamente elaboradas pela Direção-Geral da Saúde", especifica a informação disponível no mesmo 'site'.

Aos fins de semana e feriados o acesso ao interior dos restaurantes e bares só é possível com apresentação de certificado de vacinação ou apresentação de teste negativo.

Com Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A partir de 1 de outubro, o país passa a estar em situação de alerta. Na prática, isso significa que as discotecas podem, finalmente, voltar a abrir, e que certificados, testes e máscaras deixam de ser obrigatórios em algumas situações, mantendo-se noutras.