Escolha as suas informações

Universidade Nova atribui doutoramento 'honoris causa' a Grão-Duque Henri
Portugal 09.05.2022
Visita a Portugal

Universidade Nova atribui doutoramento 'honoris causa' a Grão-Duque Henri

Visita a Portugal

Universidade Nova atribui doutoramento 'honoris causa' a Grão-Duque Henri

Foto: Maison du Grand-Duc/Marion Dessard
Portugal 09.05.2022
Visita a Portugal

Universidade Nova atribui doutoramento 'honoris causa' a Grão-Duque Henri

Madalena QUEIRÓS
Madalena QUEIRÓS
"Reconhecer as excelentes relações bilaterais entre o Luxemburgo e Portugal" é a principal razão da atribuição do doutoramento 'honoris causa' ao Grão-Duque Henri, explica em entrevista ao Contacto o reitor da Universidade Nova de Lisboa, João Sàágua.

O grau de doutoramento 'honoris causa' vai ser atribuído esta quinta-feira, 12 de maio, na reitoria da Universidade Nova de Lisboa, durante o segundo dia da visita de Estado do Grão-Duque do Luxemburgo a Portugal. A instituição de ensino superior é uma das mais universidades portuguesas mais internacionais. 

Nas suas escolas conta com mais de 3.000 alunos estrangeiros, o que corresponde a cerca de 15% de todos os estudantes. Ao mesmo tempo, cerca de 200 professores desta instituição são estrangeiros. O reitor da Universidade Nova respondeu às perguntas do Contacto sobre a atribuição deste diploma a Henri.

Porque é que decidiram atribuir o doutoramento ao Grão-Duque Henri?

Na sequência de termos sabido da vinda do Grão-Duque a Portugal, a convite do Presidente da República, achamos interessante e importante para a Universidade reconhecer na pessoa do Grão-Duque as excelentes relações bilaterais que há entre Portugal e o Luxemburgo. Para além do facto do Grão-Duque ter antepassados portugueses. Mas o ponto importante foi o reconhecimento das relações bilaterais a que a Universidade Nova não é estranha, porque temos 350 antigos alunos que trabalham e fazem a sua vida no Luxemburgo, tendo dos mais altos cargos, alguns de liderança, nas mais diversas áreas como organismos públicos, serviços de tecnologia, banca, seguros, consultoria, mercados financeiros e outras áreas.

Há também estudantes luxemburgueses, alguns lusodescendentes, a estudar em escolas da Universidade Nova?

João Sàágua, reitor da Universidade Nova de Lisboa.
João Sàágua, reitor da Universidade Nova de Lisboa.
Alfredo Rocha/Feeling Photograph

Temos cerca de 20 estudantes luxemburgueses a estudar em instituições da Nova em Portugal e diversos alunos, cuja primeira nacionalidade é luxemburguesa. 

Existe também o objetivo da captação de mais alunos do Luxemburgo?

Quando uma Universidade dá um doutoramento honoris causa dá-o para honrar a pessoa do Grão-Duque e também o país. Portanto todas as outras expectativas são secundárias. Mas, sim, considero que o destaque que venha a ter o doutoramento honoris causa permitirá um reconhecimento mútuo da Nova, o que pode ajudar no aumento da procura por parte dos luxemburgueses.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A Coordenação de Ensino Português no Luxemburgo está presente na 28a Feira do Estudante, na Luxexpo, em Kirchberg, esta quinta e sexta-feira, com um stand de informação, divulgação e promoção do ensino superior em Portugal.