Escolha as suas informações

Turismo do Porto e Norte quer mais 20% de turistas brasileiros na região até 2024

Turismo do Porto e Norte quer mais 20% de turistas brasileiros na região até 2024

Portugal 12.06.2019

Turismo do Porto e Norte quer mais 20% de turistas brasileiros na região até 2024

Atualmente, cerca de 200 mil turistas brasileiros viajam até ao Norte de Portugal, por ano.

A Associação de Turismo do Porto e Norte de Portugal (ATPN) anunciou esta quarta-feira que pretende aumentar, até 2024, o número de turistas oriundos do Brasil na região em cerca de 20%.

A ATPN, entidade responsável pela promoção externa do Norte, está hoje no Brasil a apresentar a região que acolhe anualmente "200 mil brasileiros" de férias e um dos principais objetivos da iniciativa é “conseguir aumentar em cerca de 20% o número de turistas oriundos do Brasil”, refere o diretor executivo da ATP, Rui Gonçalves, citado em nota de imprensa.


Portugal eleito pela terceira vez consecutiva o melhor destino turístico
Além do prémio de Melhor Destino Europeu, Lisboa recebeu o prémio de Melhor Destino de ‘City Break’ e Melhor Porto de Cruzeiros, a Madeira foi eleita o Melhor Destino Insular, os Passadiços do Paiva ganharam o prémio de Melhor Projeto de Desenvolvimento Turístico e o Dark Sky Alqueva recebeu o Prémio Europeu de Turismo Responsável.

“Foram encontros de elevada importância para os objetivos a que nos propomos até 2024 e que estabelecem um crescimento em cerca de 20% do número de turistas oriundos do Brasil”, declarou Rui Pedro Gonçalves, referindo que o enoturismo, o Rio Douro e a natureza envolvente, bem como o turismo religioso, designadamente os Caminhos de Santiago, as aldeias históricas e a língua portuguesa são alguns dos “eixos agregadores”.

A ATPN está a efetuar um périplo pelo Nordeste brasileiro e pela cidade do Rio de Janeiro a convite da Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro e da Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador da Baía.

O objetivo é promover e divulgar as potencialidades da região Norte junto do mercado brasileiro, o terceiro emissor de turistas para o Porto e Norte de Portugal, depois do mercado espanhol e do mercado francês, segundo dados da ATPN.


Cemitério de Agramonte foi aberto em 1855.
Turismo nos cemitérios do Porto vira moda
Os cemitérios de Agramonte e do Prado do Repouso são os únicos em Portugal a integrar a Associação dos Cemitérios Monumentais da Europa e a integrar a Rota Europeia dos Cemitérios.

O mercado brasileiro cresceu em 2018 cerca de 8% em relação ao ano anterior e, “fora do continente europeu, o Brasil é o país que mais turistas envia para o nosso país”, recordou Rui Pedro Gonçalves. “Esta missão serviu ainda para estabelecer contacto com os canais de comunicação mais relevantes do Brasil”, acrescentou.

A Associação de Turismo do Porto e Norte vai receber 6,2 milhões de euros para a promoção turística externa entre 2019-2021, que se traduz num aumento de 38% em relação ao triénio que terminou em 2018.

Lusa


Notícias relacionadas