Escolha as suas informações

TAP obrigada a pagar 50 milhões de euros a pilotos
Portugal 13.08.2022
Justiça

TAP obrigada a pagar 50 milhões de euros a pilotos

Justiça

TAP obrigada a pagar 50 milhões de euros a pilotos

Foto: DR
Portugal 13.08.2022
Justiça

TAP obrigada a pagar 50 milhões de euros a pilotos

Redação
Redação
O Supremo Tribunal de Justiça deu razão ao sindicato num processo sobre um erro no cálculo de vencimentos e subsídios de férias que afetou mais de mil pilotos.

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil colocou a TAP em tribunal por, durante anos, aplicar uma formula errada no cálculo de vencimentos e subsídios de férias que afetou mais de mil pilotos, durante anos. 

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) deu razão ao sindicato e a TAP vai ser obrigada a pagar 50 milhões de euros a mil pilotos, noticiou o Expresso, em primeira mão, esta sexta-feira. 

O caso foi levado à justiça pelo Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) em 2017, com o tribunal de primeira instância e, agora o STJ, a darem razão aos pilotos. 

Já em 2010, o SPAC tinha alertado a gestão da TAP para o erro de cálculo que lesava os pilotos, mas a situação não foi alterada. Por isso, sete anos depois  moveu um processo contra a companhia aérea. 

Fonte do sindicato confirmou à Lusa que foi notificado “no início de julho” e que as conversações com a TAP estão a decorrer “neste momento”. 


TAP. Centenas de pilotos manifestam-se contra "injustiças" da gestão
Mais de 400 pilotos da TAP manifestam-se hoje em Lisboa, concentrados junto à sede da empresa, contra o que consideram "atropelos e injustiças" da gestão.

No início deste mês, mais de 400 pilotos manifestaram-se junto à sede da TAP, em Lisboa, num protesto convocado pelo SPAC para mostrar a insatisfação contra  “atropelos, injustiças e à forma como a administração e a tutela têm gerido a empresa e a relação laboral com os pilotos”, como declarou na altura o sindicato.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas