Escolha as suas informações

Suspeito de vender droga a menores a troco de favores sexuais detido na Guarda
Portugal 05.12.2022
Justiça

Suspeito de vender droga a menores a troco de favores sexuais detido na Guarda

Justiça

Suspeito de vender droga a menores a troco de favores sexuais detido na Guarda

Foto ilustrativa: Getty Images/EyeEm
Portugal 05.12.2022
Justiça

Suspeito de vender droga a menores a troco de favores sexuais detido na Guarda

Lusa
Lusa
PJ revelou que o arguido é “suspeito de se dedicar à prática de crime de tráfico de estupefacientes agravado, abastecendo menores de idade, alguns com menos de 14 anos”.

Um homem de 38 anos suspeito do crime de tráfico de droga, incluindo a menores a troco de favores sexuais, foi detido pelo Departamento de Investigação Criminal da Guarda da Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ revelou que o arguido é “suspeito de se dedicar à prática de crime de tráfico de estupefacientes agravado, abastecendo menores de idade, alguns com menos de 14 anos”.

“A investigação permitiu recolher fortes indícios da prática de crimes de abuso sexual de crianças e de atos sexuais com adolescentes sobre quatro vítimas, de quem obtinha favores sexuais a troco de estupefacientes”.

A PJ adiantou que, “no decurso da abordagem e de buscas realizadas”, foram apreendidos ao detido “produto estupefaciente (canábis), diversos objetos relacionados com o corte, embalamento/acondicionamento e pesagem do produto, equipamentos de comunicações e informáticos, bem como uma viatura automóvel”.

“O detido possui antecedentes criminais e policiais de crimes da mesma natureza” e, após ser presente a primeiro interrogatório judicial, foi-lhe determinado que aguardasse o desenvolvimento do inquérito em prisão preventiva e, ainda, proibido de contactar as vítimas.

Fonte da PJ afirmou à Lusa que o arguido, sem atividade profissional, foi detido no concelho da Guarda.

A mesma fonte declarou que estão identificadas três vítimas menores de 14 anos e outra com idade entre os 14 e os 18 anos, de ambos os sexos.

Esta investigação tem menos de um ano, explicou a fonte da PJ, especificando que foram apreendidas cerca de 80 doses individuais de canábis.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas