Escolha as suas informações

Resultados provisórios: PSD Madeira à frente na contagem dos votos
Portugal 3 min. 29.03.2015 Do nosso arquivo online
Eleições regionais

Resultados provisórios: PSD Madeira à frente na contagem dos votos

 Miguel Albuquerque do PSD deverá ser o próximo presidente do Governo Regional da Madeira
Eleições regionais

Resultados provisórios: PSD Madeira à frente na contagem dos votos

Miguel Albuquerque do PSD deverá ser o próximo presidente do Governo Regional da Madeira
LUSA
Portugal 3 min. 29.03.2015 Do nosso arquivo online
Eleições regionais

Resultados provisórios: PSD Madeira à frente na contagem dos votos

Uma hora depois das urnas fecharem na Madeira, o PSD era o partido mais votado nas eleições legislativas para a Assembleia da Região Autónoma com 52,45 por cento dos votos apurados em 12 das 54 freguesias.

Uma hora depois das urnas fecharem na Madeira, o PSD era o partido mais votado nas eleições legislativas para a Assembleia da Região Autónoma com 52,45 por cento dos votos apurados em 12 das 54 freguesias.

Segundo os dados oficiais provisórios fornecidos pela Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna – Administração Eleitoral (SGMAI-AE) divulgados às 20:05, o PSD tinha quase o triplo dos votos do segundo partido mais votado, a coligação PS-PTP-PAN-MPT que registava 18,38 por cento.

No terceiro lugar seguia o CDS-PP com 12,02 por cento, enquanto o Juntos Pelo Povo (JPP) estava com 4,50.

Onze forças partidárias concorrem às décimas primeiras eleições legislativas regionais desde 1976, naquela que é a maior participação de forças políticas neste tipo de sufrágio.

Das forças políticas concorrentes à Assembleia Legislativa da Madeira, oito são partidos (PSD, CDS, PND, PCTP/MRPP, BE, JPP, PNR e MAS) e três são coligações: Mudança (PS/MPT/PTP/PAN), Plataforma de Cidadãos (PPM/PDA) e CDU (PCP/PEV).

Estas eleições contam com cerca de 256 mil eleitores e mais duas forças partidárias em relação ao último sufrágio, realizado em 2011.

Nas últimas eleições, a 09 de outubro de 2011, o PSD conquistou a 10.ª maioria absoluta em eleições legislativas regionais da Madeira, tendo conseguido eleger 25 dos 47 deputados regionais, com 48,56% dos votos.

O CDS conquistou nove deputados, com 17,63 por cento dos votos, atrás ficou o PS, com 11,5 por cento dos votos, e seis deputados.

O PTP conseguiu três deputados com 6,8 por cento dos votos e o PAN colocou um representante no parlamento regional com 2,1 por cento.

De fora do parlamento ficou o BE que, com 1,7%, foi a força política menos votada na Madeira. A CDU elegeu um deputado com 3,7 por cento, à semelhança do MPT com 1,9 por cento e do PND com 3,2 por cento.

SEDE DO PSD BATE PALMAS

À medida que são divulgados hoje os resultados das legislativas regionais de algumas das 54 freguesias da Madeira, na sede do PSD regional, no Funchal, vão sendo audíveis aplausos por parte dos poucos militantes que estão no edifício.

O líder regional e cabeça de lista social-democrata, Miguel Albuquerque, já estava nas instalações, reunido com a sua equipa, pelas 20:00.

Na sede do PSD, desta vez sem a presença de Alberto João Jardim, que presidiu à estrutura partidária desde a sua fundação e que viajou para a ilha vizinha do Porto Santo para gozar as férias da Páscoa, a expectativa é de conquista de mais uma maioria absoluta.

Foi com maioria absoluta que Jardim governou a região durante quase 40 anos.

Nos televisores distribuídos pelo espaço, nos primeiros momentos, é também acompanhado o jogo Portugal-Sérvia.

A confirmar-se a tendência dos resultados provisórios divulgados pelo Ministério da Administração Interna, o PSD pode estar à beira de conquistar a 11.ª vitória numas eleições legislativas regionais.

Uma hora depois de as urnas fecharem, era o partido mais votado, com 52,45% dos votos apurados em 12 freguesias.

Segundo os dados oficiais provisórios, o PSD tinha quase o triplo dos votos da segunda força mais votada, a coligação Mudança (PS/PTP/MPT/PAN), que registava 18,38%.

No terceiro lugar seguia o CDS (12,02%), enquanto o Juntos pelo Povo (JPP) estava com 4,5%.

 


Notícias relacionadas

A projeção à boca das urnas realizada hoje pela Universidade Católica para a RTP indica que o PS repete a maioria absoluta nas regionais dos Açores, obtendo entre 50 a 55% dos votos.