Escolha as suas informações

Rendeiro. Pedido de liberdade sob caução será decidido na sexta-feira
Portugal 15.12.2021 Do nosso arquivo online
Julgamento

Rendeiro. Pedido de liberdade sob caução será decidido na sexta-feira

O ex-banqueiro João Rendeiro na sala de tribunal em Verulam, Durban, África do Sul.
Julgamento

Rendeiro. Pedido de liberdade sob caução será decidido na sexta-feira

O ex-banqueiro João Rendeiro na sala de tribunal em Verulam, Durban, África do Sul.
Foto: Lusa
Portugal 15.12.2021 Do nosso arquivo online
Julgamento

Rendeiro. Pedido de liberdade sob caução será decidido na sexta-feira

Lusa
Lusa
O magistrado sul-africano Rajesh Parshotam vai anunciar na sexta-feira às 09h a sua decisão sobre o pedido de liberdade sob caução do ex-banqueiro João Rendeiro.

Nesta quarta-feira, o magistrado ouviu durante cerca de três horas os argumentos da defesa, que propõe a libertação em troca de 40.000 rands (2.187 euros), e do ministério público sul-africano, que se opõe.

"A quantia de 40.000 rands não seria nada" para Rendeiro, referiu o procurador Naveen Sewparsat, aludindo aos 13 milhões de euros de dinheiro do antigo BPP "que ainda não foram descobertos" e que constam no segundo mandado de captura.

O magistrado que preside ao pedido de liberdade sob caução perguntou ao procurador, mesmo no final, se já sabia quanto tempo ia precisar para ter o processo de extradição pronto, referindo que a Convenção Europeia de Extradição obriga a que toda a documentação esteja pronta até 18 dias após a detenção provisória em que Rendeiro se encontra.


O ex-banqueiro João Rendeiro no Tribunal de Verulam, na África do Sul, onde foi detido a 11 de dezembro.
João Rendeiro. "Eu não vou voltar a Portugal"
A audição do ex-banqueiro João Rendeiro foi mais uma vez adiada.

O procurador referiu que "o processo já começou". "Fomos informados pela nossa contraparte que vão mandar todos os documentos e cumprir todos os requisitos no prazo de 14 dias", disse, descontando os quatro que Rendeiro já passou detido.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas