Escolha as suas informações

Portugueses no estrangeiro com recenseamento automático
Portugal 19.07.2018

Portugueses no estrangeiro com recenseamento automático

Portugueses no estrangeiro com recenseamento automático

Foto: Lusa
Portugal 19.07.2018

Portugueses no estrangeiro com recenseamento automático

Alterações à lei eleitoral foram aprovadas durante a maratona de ontem na Assembleia da República. Recenseamento passa a funcionar de forma automática para quem tenha Cartão de Cidadão e voto postal será gratuito.

Recenseamento automático para quem tenha Cartão de Cidadão e voto postal gratuito para os portugueses residentes no estrangeiro são algumas das alterações aprovadas ontem, durante a maratona de aprovação de diplomas na última sessão da Assembleia da República antes das férias.

Por outro lado, entre as alterações ainda respeitantes à lei eleitoral para os portugueses que vivem fora do país, passa a ser possível optar pelo voto postal ou presencial na eleição para a Assembleia da República.

Além disso, acaba a limitação dos binacionais para a candidatura ao Parlamento pelo círculo onde têm a segunda nacionalidade desde que não desempenhem cargos de alta responsabilidade nos países onde habitam. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

“Já não há razão para que as pessoas não participem nas eleições portuguesas"
Votar nas eleições portuguesas vai passar a ser mais simples, também para os portugueses no Luxemburgo. Com as novas mudanças, o recenseamento dos portugueses no estrangeiro vai ser automático, mas não obrigatório. O voto por correspondência vai passar a ser gratuito, mas há mais novidades. As mudanças vão aumentar o número de potenciais votantes, sem que os cidadãos tenham de se deslocar ao consulado.
Visite du secrétaire d’État portugais José Luís Carneiro au Luxembourg, le 30 Septembre 2018. Photo: Chris Karaba