Escolha as suas informações

Portugal volta a reforçar vacina da gripe no próximo outono
Portugal 20.08.2021
Saúde

Portugal volta a reforçar vacina da gripe no próximo outono

Saúde

Portugal volta a reforçar vacina da gripe no próximo outono

Foto: AFP
Portugal 20.08.2021
Saúde

Portugal volta a reforçar vacina da gripe no próximo outono

O país vai disponibilizar 2,24 milhões de doses de vacinas contra a gripe sazonal. Primeira fase arranca em outubro com grupos prioritários.

Portugal anunciou esta sexta-feira, um reforço das vacinas contra a gripe, a partir do próximo outono.

O Serviço Nacional de Saúde, que já em 2020 tinha reforçado a compra destas vacinas para proteger as camadas da população mais frágeis, como as pessoas com mais de 65 anos, tanto em relação à gripe sazonal como à covid-19, "vai ter, na época gripal 2021/2022, 2,24 milhões de doses de vacinas contra a gripe, o que representa um aumento global de 7% (mais cerca de 146.000 doses) face à época gripal 2020/2021", refere o comunicado conjunto do SNS e da Direção-Geral da Saúde.

A campanha de vacinação contra a gripe deverá começar no início de outubro, com a vacinação dos grupos prioritários e numa primeira fase irá abranger os utentes de lares residenciais, serviços de apoio domiciliário, centros de acolhimento temporário e unidades da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI). Também na lista de prioritários, mas a seguir, estão os profissionais de saúde e mulheres grávidas.

 O mesmo comunicado refere que à semelhança dos anos anteriores, as vacinas disponíveis em Portugal serão tetravalentes, incluindo quatro tipos de vírus da gripe (dois do tipo A e dois do tipo B). 

Em camadas da população com idades a partir dos 65 anos ou com doenças crónicas, além dos grupos prioritários referidos, a vacinação é considerada a melhor prevenção para evitar a doença grave. 

A vacinação será gratuita nos serviços do SNS, para os cidadãos residentes em Portugal com idade igual ou superior a 65 anos, para pessoas que vivam ou estejam internadas em instituições, pessoas com doenças específicas, profissionais de saúde do SNS e bombeiros.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Vacinação
A campanha de vacinação começou na fase mais negra da pandemia do país, em janeiro, com fura filas e demissões polémicas. Hoje Portugal é o segundo país do mundo com maior número de vacinados.“Fico satisfeito por ter contribuído para um processo que foi decisivo para salvar vidas”, declara ao Contacto o vice-almirante Gouveia e Melo, na véspera de deixar a liderança da vacinação em Portugal e com o país prestes atingir os 85% de vacinados. Esta é uma história de sucesso muito elogiado nos quatro cantos do mundo. E que merece ser contada.
O coordenador da task-force para a vacinação contra a covid-19, Henrique Gouveia e Melo, durante a conferência de imprensa com atualização da informação sobre a vacina covid-19 da Astrazeneca, no Ministério da Saúde, em Lisboa, 18 de março de 2021. RODRIGO ANTUNES/LUSA
O Ministério da Saúde do Luxemburgo recomenda às pessoas com mais de 65 anos e aos doentes crónicos a vacinação contra a gripe sazonal. A vacina é gratuita e está disponível nas farmácias, mediante receita médica.
.