Escolha as suas informações

Portugal suspende vacinas da AstraZeneca por "precaução"
Portugal 15.03.2021 Do nosso arquivo online

Portugal suspende vacinas da AstraZeneca por "precaução"

Portugal suspende vacinas da AstraZeneca por "precaução"

AFP
Portugal 15.03.2021 Do nosso arquivo online

Portugal suspende vacinas da AstraZeneca por "precaução"

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
As autoridades de saúde portuguesas decidiram hoje suspender o uso da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 por motivos de "precaução" e "saúde pública".

Portugal anuncia esta segunda-feira, 15, que vai suspender também a toma da vacina da AstraZeneca. A decisão foi anunciada pela autoridade do medicamento (Infarmed) e surge após vários países europeus também já o terem feito, após relatos de aparecimento de coágulos sanguíneos em pessoas vacinadas.

O coordenador da task force para a vacinação contra a covid-19 em Portugal, Henrique Gouveia e Melo avançou que já foram administradas cerca de 400 mil vacinas e vão ficar em armazém cerca de 200 mil.    

Graça Freitas pede tranquilidade

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, apelou hoje para a tranquilidade das pessoas que receberam a vacina da AstraZeneca e garantiu que não foram reportadas em Portugal reações adversas como as identificadas em outros países. Segundo a responsável da DGS, "apesar de as reações adversas mencionadas serem extremamente graves, também são extremamente raras", não estando identificado o nexo de casualidade entre esta vacina e as situações de coágulos sanguíneos registados em outros países.

Decisão surge horas depois do Governo do Luxemburgo ter anunciado que também iria suspender temporariamente a utilização da vacina da AstraZeneca e usou o mesmo argumento: "precaução". Espanha, Países Baixos, Irlanda, Alemanha e Itália também anunciaram a suspensão. Na semana passada, já a Áustria, Dinamarca, Estónia, Lituânia, Letónia, Noruega tinham decidido não vacinar com o fármaco da AstraZeneca. 


Com Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas