Escolha as suas informações

Portugal. Salário mínimo aumenta 30 euros, passando para 665 euros em 2021
Portugal 10.12.2020 Do nosso arquivo online

Portugal. Salário mínimo aumenta 30 euros, passando para 665 euros em 2021

Portugal. Salário mínimo aumenta 30 euros, passando para 665 euros em 2021

Portugal 10.12.2020 Do nosso arquivo online

Portugal. Salário mínimo aumenta 30 euros, passando para 665 euros em 2021

Lusa
Lusa
Atualmente, o salário mínimo português é de 635 euros e o Governo tem como objetivo atingir os 750 euros no final da legislatura.

 O salário mínimo nacional (SMN) vai ter um aumento de 30 euros em janeiro de 2021, passando para 665 euros, anunciou pelo Governo, que está a preparar medidas para compensar as empresas pelo acréscimo de encargos inerente.

O anúncio foi feito pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, numa conferência de imprensa após a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social (CPCS), em que os parceiros sociais foram auscultados sobre a matéria.

Atualmente, o salário mínimo nacional é de 635 euros e o Governo tem como objetivo atingir os 750 euros no final da legislatura.


É oficial. Salário mínimo entra em vigor a 1 de janeiro
Deputados votaram a favor do aumento do salário mínimo social, esta quarta-feira.

A UGT tem defendido um aumento de 35 euros para o SMN e a CGTP reivindica uma subida para 850 euros a curto prazo.

As confederações patronais têm contestado o aumento do salário mínimo nacional, argumentando com as dificuldades económicas que as empresas atravessam devido à pandemia da covid-19.

O Governo tem competência para fixar o valor anual do salário mínimo nacional, depois de ouvir os parceiros sociais.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Atualização do Salário mínimo nacional
A reunião de hoje entre o Governo e os parceiros sociais para discutir a atualização do salário mínimo nacional (SMN) foi inconclusiva, tendo agora as confederações patronais e sindicais uma semana para enviarem as respetivas propostas ao executivo.
O aumento, que abrange cerca de meio milhão de trabalhadores, decorre de um acordo estabelecido entre o Governo, as confederações patronais e a UGT há uma semana e está definido em decreto lei-aprovado em Conselho de Ministros e publicado em Diário da República.
O salário mínimo em Portugal era até agora de 485 euros