Escolha as suas informações

Portugal. Regras de confinamento mantêm-se em renovado estado de emergência
Portugal 15.02.2021

Portugal. Regras de confinamento mantêm-se em renovado estado de emergência

Profissionais de saúde num hospital de campanha em Portimão, no Algarve.

Portugal. Regras de confinamento mantêm-se em renovado estado de emergência

Profissionais de saúde num hospital de campanha em Portimão, no Algarve.
Foto: AFP
Portugal 15.02.2021

Portugal. Regras de confinamento mantêm-se em renovado estado de emergência

Lusa
Lusa
No atual contexto de pandemia de covid-19 este é o 11° estado de emergência que Portugal enfrenta.

Portugal entrou esta segunda-feira, dia 15 de fevereiro, num novo período de estado de emergência para combater a pandemia, que se prolonga até 1 de março, mantendo-se as regras de confinamento obrigatório que estiveram em vigor nos últimos 15 dias.

Os números de contágios e mortes por covid-19 têm vindo a descer nos últimos dias. Segundo o balanço diário de domingo, o país registou 138 óbitos e mais 1.677 casos positivos, mas o Governo português descarta para já a hipótese de alívio das medidas restritivas.

Para os próximos 15 dias, continua em vigor o confinamento obrigatório, em que a principal regra é ficar em casa, sendo obrigatório o teletrabalho sempre que as funções em causa o permitam e o ensino à distância.

Neste novo estado de emergência, mantêm-se as restrições de circulação entre concelhos, sendo proibida entre as 20:00 de sexta-feira e as 05:00 de segunda-feira, e as deslocações para o estrangeiro a partir de Portugal Continental estão proibidas por parte de cidadãos portugueses quando efetuadas por qualquer via (rodoviária, ferroviária, aérea, fluvial ou marítima).


Hospital de Évora. "Esta manifestação de solidariedade do Luxemburgo toca-nos imenso e sensibiliza-nos"
Dois médicos e dois enfermeiros partem do Luxemburgo esta semana para reforçar os cuidados intensivos do hospital e ajudar a tratar doentes covid.

O comércio não essencial, cafés e restaurantes vão permanecer fechados ao público, sendo apenas autorizado o 'take-away'. A venda de qualquer tipo de bebidas à porta ou ao postigo de cafés ou restaurantes é proibida, bem como o consumo de refeições ou produtos à porta do estabelecimento ou na via pública, sendo apenas permitida a venda de produtos embalados.

A venda de bebidas alcoólicas continua proibida nas áreas de serviço e nos supermercados depois das 20:00, não sendo também permitido o seu consumo na rua e é proibida a permanência em espaços públicos de lazer, que podem, contudo, ser frequentados.

Na quinta-feira, o Conselho de Ministros aprovou o decreto que regulamenta o estado de emergência decretado pelo Presidente da República, mantendo as atuais medidas, passando apenas a ser permitida a venda, nos estabelecimentos de comércio a retalho que se encontrem já em funcionamento, de livros e materiais escolares. No atual contexto de pandemia de covid-19 este é o 11° estado de emergência que Portugal enfrenta. 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas