Escolha as suas informações

Portugal regista mais quatro mortes por covid-19 e 259 novos casos
Portugal 22.06.2020

Portugal regista mais quatro mortes por covid-19 e 259 novos casos

Portugal regista mais quatro mortes por covid-19 e 259 novos casos

Foto: AFP
Portugal 22.06.2020

Portugal regista mais quatro mortes por covid-19 e 259 novos casos

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Novos casos de infeção mantém-se abaixo dos 300, mas mortalidade sobe, com todos os óbitos desta segunda-feira a registarem-se em Lisboa e Vale do Tejo.

Portugal registou esta segunda-feira, 22 de junho, uma ligeira subida no número de óbitos por covid-19, face aos últimos dois dias. Segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde de hoje, há mais quatro mortes contabilizadas, todas na região de Lisboa e Vale do Tejo, que no último mês tem concentrado a esmagadora maioria dos novos casos confirmados positivos para o novo coronavírus. E esta segunda-feira não é exceção. Dos 259 novos casos registados, 164 (63% dos casos contabilizados hoje) foram verificados nessa região do país.

Ainda assim, o peso de Lisboa e Vale do Tejo no total nacional tem vindo a diminuir na última semana, com a descoberta de surtos no Algarve, Alentejo e Centro, tendo passado de cerca de 90% para valores entre os 70% e os 80%.

Nos dois últimos 15 dias, os cinco concelhos da Área Metropolitana de Lisboa mais atingidos pela covid-19 tinham concentrado metade dos novos casos de contágio verificados em Portugal. Ou seja, entre 07 e 21 de junho, os concelhos de Amadora, Lisboa, Loures, Odivelas e Sintra acumularam 50,2% do total de novos casos neste período, no país, registando um aumento de 2.230 infeções num total de 4.440.  

Esta segunda-feira regista-se também um aumento dos internamentos, face às últimas 24 horas, com mais 17 hospitalizados, num total de 424, e mais três nos cuidados intensivos, num total de 72.

No total registaram-se no país, até ao momento, 1.534 mortes relacionadas com a covid-19, 39.392 casos confirmados e  25.548 recuperados (mais 172 que domingo), desde o início da pandemia.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas